Sondada para ministério, Claudia Costin não deve compor governo Temer - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Entretenimento

Sondada para ministério, Claudia Costin não deve compor governo Temer

Escrito por Folha Press
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

PAULO SALDAÑA, ENVIADO ESPECIAL
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A diretora mundial de Educação do Banco Mundial, Claudia Costin, não deve aceitar compor o governo do presidente interino Michel Temer.
A reportagem apurou que ela não pretende deixar os Estados Unidos, de onde comanda a área educacional do órgão.
Costin foi sondada inicialmente para o Ministério da Educação e Cultura e também para a Secretaria Nacional de Cultura.
A equipe de Temer tenta achar uma mulher para a posição após a má repercussão da falta de representatividade feminina na sua equipe ministerial.
O mandato de Costin no Banco Mundial vai até 2018. Além disso, ela deve dar aulas na Faculdade de Educação de Harvard no segundo semestre, o que teria colaborado para sua recusa.
Entre 2009 e 2014, Costin foi secretária de Educação da cidade do Rio. Antes, foi secretária de Cultura do Estado de São Paulo e ministra no governo Fernando Henrique Cardoso.
Além de Costin, aparece como cotada para a secretaria de Cultura a ex-secretária da área no Rio, Adriana Rattes.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Sondada para ministério, Claudia Costin não deve compor governo Temer"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.