Mais lidas

    Entretenimento

    Entretenimento

    Além de Nobel de Literatura, Flip terá Knausgard e Irvine Welsh

    Escrito por Folha Press
    Publicado em 03.05.2016, 10:35:48 Editado em 27.04.2020, 19:50:52
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    MAURÍCIO MEIRELES
    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de criar expectativas e cancelar sua participação na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) em 2013, o escritor norueguês Karl Ove Knausgard -sensação mundial com o ciclo de romances "Minha Luta" (Companhia das Letras)- volta a figurar entre os autores confirmados do evento literário.
    A Flip anunciou sua programação de 2016 na manhã desta terça-feira (3), em entrevista coletiva no Museu do Futebol. O evento, que dessa vez vai homenagear a poeta carioca Ana Cristina César (1952-1983), acontece de 29 de junho a 3 de julho.
    Na época da Flip, o norueguês vai lançar o quarto volume de sua série de romances. O autor terá uma mesa só para si, no dia 1º de julho, às 17h15.
    Além de Knausgard, outro grande nome na programação deste ano que ainda não havia sido divulgado é o do escocês Irvine Welsh, autor de "Trainspotting" (Rocco).
    O escritor participa da mesa "Na Pior em Nova York e Edimburgo", no dia 30 de junho, com o americano Bill Clegg, autor de "Retrato de um Viciado Quando Jovem" (Companhia das Letras). Dois autores que tem no uso de drogas parte importante de sua obra.
    A escritora bielorrussa Svetlana Aleksiévitch, ganhadora do Nobel de literatura em 2015, também vai participar da programação. Ela terá uma mesa só para si, no dia 2 de julho. É a primeira vez que a Flip consegue trazer o ganhador do Nobel do ano imediatamente anterior ao evento literário.
    BIÓGRAFOS DE TRAFICANTES
    Outro convidado estrangeiro que não havia sido anunciado é o jornalista britânico Misha Glenny, que ano passado lançou "Nemesis - One Man and the Battle For Rio" (Nêmesis - Um Homem e a Batalha pelo Rio) -no qual conta a história do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, que comandou durante anos a favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.
    Glenny participa de uma mesa com o jornalista Caco Barcellos, biógrafo do traficante Márcio Amaro de Oliveira, o Marcinho VP, que comandou a favela Santa Marta e morreu em 2003.
    Neste ano, o curador Paulo Werneck volta a apostar em temas que deram certo nos últimos anos: ciência e sexo.
    A mesa científica deste ano terá o neurocirurgião britânico Henry Marsh, acompanhado da neurocientista brasileira Suzana Herculano-Houzel.
    No front do sexo -ano passado, fez sucesso a mesa de Reinaldo Moraes e Eliane Robert Moraes-, a Flip realiza o debate "Sexografias", com a escritora peruana Gabriela Wierner e a brasileira Juliana Frank.
    A mesa de abertura contará com o poeta Armando Freitas e o cineasta Walter Carvalho.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Entretenimento

    Deixe seu comentário sobre: "Além de Nobel de Literatura, Flip terá Knausgard e Irvine Welsh"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.