Entretenimento

Fotógrafo Mauricio Spada, filho de Mauricio de Sousa, morre aos 44 anos

Da Redação ·

SÃO PAUL, SP (FOLHAPRESS) - Filho do criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa, o fotógrafo Mauricio Spada e Sousa morreu na madrugada desta segunda-feira (2), aos 44 anos.
Segundo comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do desenhista, ele teve um infarto fulminante em sua casa, em São Paulo. No próximo dia 12, o fotógrafo completaria 45 anos.
Spada também era produtor de vídeo e computação. Trabalhava na empresa do pai, a Maurício de Sousa Produções.
Como os outros nove filhos de Mauricio, inspirou um dos personagens da Turma da Mônica: o professor Spada, que dá aulas de informática para as crianças.
Quando fica nervoso, o professor se transforma no dr. Spam, um alter-ego malvado que sonha em dominar o mundo por meio dos computadores. Além da personalidade do filho, o desenhista usou como inspiração para criar o personagem o conto clássico "O Médico e o Monstro", do britânico Robert Louis Stevenson (1850-1894).
"Eu e toda a família vamos sentir sua falta, lembrar dele com saudade, abraçar suas lembranças e imaginar como será nosso reencontro. Sem dúvida com muita, muita conversa boa. Como ele gostava", disse Mauricio, em nota.
"Mas, mesmo com toda a fé e esperança que nos embala e consola, a tristeza da ausência vai nos provocar lágrimas nos momentos do vazio. Lágrimas que irão se tornando mais doces, suaves, com o passar do tempo, se Deus quiser."
Spada deixa a mulher e duas filhas. O velório, restrito à família, será nesta segunda, às 19h.

continua após publicidade