Entretenimento

Bill Cosby irá a julgamento em maio por acusação de agressão sexual

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O astro da comédia americana Bill Cosby irá a julgamento no próximo mês na Pensilvânia para responder a um único caso de agressão sexual da série de acusações formuladas contra ele, a maioria delas décadas atrás.
A audiência preliminar, marcada para 24 de maio, foi anunciada nesta terça-feira (26), um dia depois de a Corte Superior da Pensilvânia negar a apelação de Cosby para barrar o caso.
Acusado por dezenas de mulheres, o ator de 78 anos foi denunciado em 30 de dezembro por agressão sexual com agravante, devido a fatos que remontam ao começo de 2004 e que teriam afetado Andrea Constand, uma ex-funcionária da universidade de Temple, na Pensilvânia.
Após ser denunciado pela jovem em uma instância civil poucos meses após os fatos, Cosby aceitou dar seu testemunho antes de fazer um acordo financeiro com Andrea Constand em 2005.
O procurador do condado de Montgomery, na Pensilvânia, se apoiou nos trechos desta antiga audiência verbal para acusar o comediante.
Segundo advogados de Cosby, o procurador violou um suposto compromisso assumido no fim de 2005 de não denunciar o ator se aceitasse dar seu testemunho.
Se for considerado culpado, Cosby pode ser condenado a dez anos de prisão e a multa de US$ 25 mil (R$ 88 mil).

continua após publicidade