Entretenimento

Audiência da transmissão do Oscar na TV dos EUA foi a menor em oito anos

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cerca de 34,3 milhões de norte-americanos assistiram à cerimônia de entrega do Oscar no domingo (28), a menor audiência televisiva do evento em oito anos, de acordo com dados nacionais, em meio à polêmica sobre a diversidade em Hollywood.
A audiência de 2016 para a transmissão da rede ABC foi a segunda mais baixa já registrada para uma entrega do Oscar. A premiação com menor público desde que a Nielsen começou a medir a audiência, em 1974, ocorreu em 2008, quando cerca de 32 milhões de norte-americanos viram o evento pela TV.
O resultado deste ano se deu apesar da expectativa em torno de Leonardo DiCaprio, que ganhou seu primeiro Oscar, na categoria melhor ator, após cinco indicações, e da perspectiva de reação do apresentador Chris Rock à falta de negros indicados nas principais categorias da premiação.
Não estava imediatamente claro nesta segunda-feira (29) se a audiência menor refletia um pedido feito pelo líder dos direitos civis Al Sharpton para que as pessoas não assistissem à premiação por causa da falta de diversidade.
VENCEDORES
Baseado na história real da equipe de jornalismo investigativo do "Boston Globe", "Spotlight" surpreendeu e venceu a principal categoria do Oscar, melhor filme.
"Mad Max: Estrada da Fúria", que havia sido indicado em 10 categorias, foi o mais premiado da noite: ganhou seis estatuetas. Entre todos os prêmios técnicos, só perdeu o de fotografia.
Vencedor em 2015 por "Birdman", o mexicano Alejandro G. Iñárritu venceu como melhor diretor por "O Regresso". É seu segundo prêmio consecutivo na mais importante premiação do cinema.
O prêmio de melhor atriz foi para a favorita Brie Larson, por "O Quarto de Jack".