Mais lidas
Entretenimento

Vida e obra de Ettore Scola

.

1931 Nasce em 10/5 em Trevico, Itália

1953
Entra na indústria cinematográfica como roteirista

1964
Estreia na direção com a comédia "Fala-me de Mulheres", com Vittorio Gassman

1974
Lança o aclamado "Nós que Nos Amávamos Tanto", no qual três amigos que combatiam o nazismo lutam contra as desilusões do pós-guerra

1976
Melhor diretor em Cannes com ao humor negro de "Feios, Sujos e Malvados", sobre a família mais desajustada da Itália

1977
"Um Dia Muito Especial", comédia romântica com Sophia Loren e Marcello Mastroianni, é indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro

1983
Sem um único diálogo, "O Baile" conta a história da Europa no século 20 por meio música e de casais dançando. Ganhou o Urso de Prata no Festival de Berlim

1998
"O Jantar" tem uma trama que se desenrola entre clientes e funcionários de um restaurante

2013
Lança seu último filme, "Que Estranho Chamar-se Federico", em homenagem a Fellini

2016
Morre, aos 84 anos, em Roma

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber