Entretenimento

Especialista publica dados de usuários do Facebook

Da Redação ·
 Dados pessoais coletados pelo especialista estão disponíveis na internet e no Facebook; para se proteger, usuário deve editar configurações
fonte: Foto Getty Images
Dados pessoais coletados pelo especialista estão disponíveis na internet e no Facebook; para se proteger, usuário deve editar configurações

Um pesquisador de segurança divulgou um arquivo com nomes, endereços de perfil e números únicos de identificação de mais de cem milhões de usuários do Facebook, revelou o blog Bits do jornal americano The New York Times nesta quarta-feira (28).

continua após publicidade

Coletadas por Rob Bowes, um pesquisador de segurança da Skull Security, as informações foram extraídas de um diretório público da rede social, que exibe os usuários que estão compartilhando pelo menos algumas das informações de seus perfis com toda a internet.

continua após publicidade

Embora os dados estejam disponíveis na internet e possam ser encontradas por meio de ferramentas de busca e no próprio diretório do Facebook, a lista poderia facilitar que pessoas mal intencionadas possam compilar endereços de e-mail, endereços físicos e outros dados que eles tenham deixado disponíveis.

continua após publicidade

O arquivo de 2,8 gigabytes do BitTorrent também inclui o código de programação que Bowes usou para vasculhar a lista de diretórios.
Em um comunicado por e-mail, o Facebook disse que a lista não era uma ameaça para as pessoas que compartilham informações publicamente. A rede social disse que as pessoas podem decidir o que, com quem e quando querem compartilhar.

- Nossa responsabilidade é respeitar seus desejos. Essas informações já existem no Google, no Bing e em outras ferramentas de busca, além do Facebook. Nenhum dado privado foi divulgado ou comprometido.

continua após publicidade

Em entrevista ao blog, Bowes disse que só resolveu compilar a lista com informações dos usuários e compartilhá-la online para mostrar que existe “um problema de privacidade assustador” na maneira como as pessoas compartilham informações com o resto da web por meio do Facebook.

continua após publicidade

O blog só não conseguiu descobrir por que o pesquisador resolveu compartilhar os dados na internet. No passado, ainda segundo o Bits, Bowes também escreveu sobre a política de privacidade do Facebook e a facilidade com que hackers podiam encontrar informações pessoais pelo site.

Os usuários que quiserem proteger suas informações do resto da internet devem clicar na seção Configurações de Privacidade do Facebook e mudar as opções de compartilhamento para Apenas Amigos.

Os que quiserem impedir que seus perfis sejam encontrados em ferramentas de busca como o Google devem clicar no link Editar Configurações e mudar para Busca Pública.