Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Entretenimento

Atriz deixou comédia inédita e preparava drama de diretor português

.

JULIANA GRAGNANI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - De setembro a novembro do ano passado, a atriz Marília Pêra ensaiou todas as cenas de "Dona do Paraíso", drama sobre uma mulher que perde um grande terreno na Amazônia para índios.
"Foi como se eu tivesse feito um mestrado durante os ensaios com ela, de tanto que aprendi", diz o diretor do longa em produção, o português José João Silva, 43, autor do livro "Bissauians in China" (Efeitos Secundários).
Os ensaios aconteceram na casa de Marília, no Rio, e em um apartamento alugado pela produção. As cenas praticadas, porém, não foram gravadas. Seriam filmadas em janeiro do ano que vem, de acordo com Silva, que também é fotógrafo. "Dona do Paraíso" é seu segundo longa. Marília faria o papel de Joan, a dona do terreno. No elenco, também estavam Nanda Costa e Zezé Motta.
A atriz morreu na manhã deste sábado (5) aos 72 anos, em sua casa no Rio de Janeiro. Ela enfrentava um câncer havia dois anos. O velório aconteceu nesta tarde, na sala de teatro que leva seu nome no Teatro Leblon, na zona sul do Rio. Artistas, amigos e parentes se despediram de Marília, que foi sepultada no Cemitério São João Batista, em Botafogo.
O diretor conta que chegou até a artista brasileira por meio de uma amiga em comum –recentemente, ela lhe informou sobre o estado de saúde da atriz.
Marília gostou do projeto, conta o diretor, porque abordava aspectos "fora do usual" da questão indígena no Brasil. "Ela me disse: 'João, acho que esse projeto não é politicamente correto, e eu estou farta do politicamente correto'."
Características que são lembradas recorrentemente por quem trabalhou com a atriz são citadas por Silva: "Ela sabia o roteiro todo de trás para frente, como mais ninguém. Era muito profissional, os horários para ela eram muito importantes. Era humilde e engraçada".
A notícia da morte de sua morte neste sábado (5), "muda o cenário", diz o diretor. "Não imagino quem poderá substituí-la. Perdemos uma grande atriz brasileira. Era muito especial."
Ela ainda poderá ser vista nos cinemas em 2016, na comédia brasileira inédita "Tô Ryca". O filme é dirigido por Pedro Antonio e tem participação de Samantha Schmütz.
O documentário em cartaz "Chico - Artista Brasileiro", do diretor Miguel Faria Jr., é narrado por Marília Pêra.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Entretenimento

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber