Entretenimento

Morre aos 63 anos em SP a atriz Ada Chaseliov

Da Redação ·
Ada Chaseliov tinha 63 anos e lutava contra um linfoma (Foto: Facebook/ Arquivo pessoal)
Ada Chaseliov tinha 63 anos e lutava contra um linfoma (Foto: Facebook/ Arquivo pessoal)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu, aos 63 anos, no início da manhã desta terça-feira (27) a atriz Ada Chaseliov, conhecida por papeis em novelas da Globo. Ela estava em tratamento contra um linfoma.
Ada estava internada há um mês no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Segundo a unidade, a morte foi causada por complicações infecciosas decorrentes do tratamento.
A atriz costumava trabalhar em tramas do autor Sílvio de Abreu. Dele, participou de "Guerra dos Sexos" (1983), "Torre de Babel" (1988) e "Belíssima" (2006). Sua última novela foi "Amor à Vida" (2013), de Walcyr Carrasco, em que interpretou a juíza que decidiu sobre a guarda de Paulinha (Klara Castanho).
Também fez carreira nos palcos, principalmente no teatro musical: atuou, entre outros, em "As Malvadas", "O Abre Alas", "Ópera do Malandro", "A Noviça Rebelde" e "Gypsy - O Musical".
No cinema, interpretou Olga Prestes em "Memórias do Cárcere" (1984).
A morte da atriz foi divulgada pela ex-BBB Thalita Lippi nas redes sociais. Ela é filha da atriz Nádia Lippi e do diretor de cinema Ney Sant'Anna, que foi casado com Ada e, com ela, teve outra filha.

continua após publicidade