Mais lidas
Entretenimento

Com momentos impecáveis, Al Jarreau faz show certo, mas no dia errado

.

THALES DE MENEZES
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Al Jarreau no Rock in Rio. E cantando no dia em que a Cidade do Rock estava lotada de meninas de cabelo colorido à espera de Katy Perry. Foi pedir para dar errado. E deu.
Bem, quem ficou diante do palco Sunset viu um cantor excepcional. Aos 75 anos, não tem a mesma voz de veludo, mas sabe tudo sobre esse ofício e escolheu clássicos de seu repertório clássico que ainda cabem direitinho em sua potência vocal. Teve momentos impecáveis.
A presença dele no Rock in Rio faz sentido porque Jarreau foi um dos "não roqueiros" da primeira edição do festival, há 30 anos. Alinhado com Ivan Lins, George Benson e outros "estranhos do ninho" da edição pioneira. Mas fica difícil de entender como ele poderia brilhar num dia de público tão jovem.
Seu convidado, o brasileiro Marcos Valle, também está com as raízes musicais fincadas em gerações mais velhas. Um encontro dos dois poderia emocionar bastante em outro local, menor, com o público certo.
Eles ficaram felizes, a parcela de público maduro adorou. Para a legião de meninas querendo ver Katy Perry, no palco estavam dois tiozinhos. E nem o nome deles elas sabiam.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber