Entretenimento

Em show sem firulas, Queens of the Stone Age mostra que música basta

Da Redação ·
 Queens of the Stone Age - imagem-www1.folha.uol.com.br-foto:Zanone Fraissat /Folhapress
Queens of the Stone Age - imagem-www1.folha.uol.com.br-foto:Zanone Fraissat /Folhapress

SÓ PODE SER PUBLICADO NA ÍNTEGRA E COM ASSINATURA
ANDRÉ BARCINSKI

continua após publicidade


RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O Queens of the Stone Age subiu ao palco do Rock in Rio às 22h30 de quinta-feira (24) para um dos shows mais aguardados da noite. E não decepcionou quem gosta de seu rock pesado, mas cheio de groove. '


Liderado pelo cantor e guitarrista Josh Homme, a banda, que tem ainda o guitarrista Troy Van Leeuwen, o tecladista Dean Fertita, o baixista Michael Shuman e o baterista Jon Theodore, abriu o show com duas de suas melhores canções, que abrem o disco "Songs for the Deaf", de 2002: "You Think I Ain't Worth a Dollar, But I Feel Like a Millionaire", e "No One Knows". 

continua após publicidade


O set list da banda incluiu ainda as músicas "In My Head", "Burn the Witch" e "Little Sister".
Como de hábito, Homme não precisou fazer nenhuma presepada para levantar a plateia. Nada de bandeira do Brasil ou juras de amor ao país. Para o Queens of the Stone Age, a música basta.