Mais lidas
Entretenimento

Menos burocrática, inscrição para edital Rumos começa nesta segunda

.

BEATRIZ MONTESANTI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O instituto Itaú Cultural anunciou nesta segunda-feira (31) a abertura das inscrições para a nova edição do edital Rumos, que contemplará projetos de diferentes áreas culturais com um orçamento total de R$ 15 milhões.
O valor é superior ao programa do ano passado, que despendeu ao todo R$ 13,9 milhões em 104 projetos.
Também em relação a 2014, a 17ª edição do edital não terá teto máximo de gasto com uma proposta - em 2013/2014, havia o limite de R$ 400 mil por projeto selecionado.
Por sua vez, as 13 modalidades de produção cultural criadas em 2014 - que substituíram as áreas específicas, como artes visuais, música e audiovisual - foram reduzidas para apenas três campos: criação e desenvolvimento, documentação e pesquisa.
Para os organizadores do evento, as alterações pretendem desburocratizar os modelos de editais de cultura no país. "É um desafio monstruoso olhar para o país com as proporções que ele tem, o que tem muito a ver com nossa proposta de desburocratizar, fazer a inscrição pela internet, contemplar pessoas além daquelas que sempre ganham os editais", disse Saron, em entrevista concedida a jornalistas no instituto.
"Não queríamos que as pessoas se inscrevessem no formato caixinha, mas que percebessem onde seus projetos se encaixam", acrescentou Ana Sousa, gerente de comunicação do órgão.
Segundo eles, o novo modelo, adotado no ano passado, permitiu abarcar uma variedade muito maior de projetos e interessados - de acordo com uma pesquisa realizada pelo Observatório do Itaú Cultural, 30% dos mais de 15 mil inscritos em 2014 nunca tinham participado de um processo seletivo para um edital, por não preencherem os requisitos, e 97% dos inscritos consideraram a simplicidade a maior vantagem do edital.
RECORDES
Outra novidade no processo de seleção para o edital 2015-2016 foi a criação de um comitê de 30 avaliadores, não relacionados ao instituto - e cujos nomes serão mantidos sob sigilo - que farão uma pré-seleção dos projetos antes da avaliação realizada pela comissão de fato.
Cada proposta será lida por ao menos três desses profissionais. Um deles, de preferência, que atue na área artística do projeto. Na segunda fase, haverá a seleção de outra comissão, formada por 11 profissionais externos ao Itaú Cultural - entre eles o cineasta Jeferson De e o crítico teatral Valmis Santos -, além de nove gerentes do Itaú Cultural.
Há também uma preocupação maior agora com transparência, refletida na exigência de prestação de contas formal - antes havia apenas um acompanhamento por parte do instituto.
Com as mudanças no modelo de financiamento e inscrição, o edital recebeu um número recorde de inscritos no ano passado: 15.120, ante 2,6 mil da edição anterior. Entre os selecionados de 2014, estavam o espetáculo teatral "Janelas do Minhocão", do grupo Esparrama, e o programa "Hip Hop Cozinha", de Zinho Trindade.
Inscrições podem ser feitas até dia 6 de novembro pelo site www.rumositaucultural.org.br.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber