Entretenimento

Foo Fighters interrompem protesto de grupo homofóbico nos EUA

Da Redação ·
imagem ilustrativa - google -www.billboard.com.br
imagem ilustrativa - google -www.billboard.com.br

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Empunhando cartolinas na traseira de uma picape, os Foo Fighters responderam com a música "Never Gonna Give You Up", de Rick Astley, a um protesto de religiosos homofóbicos.
Um grupo da igreja batista de Westboro se manifestava na frente de uma casa de show em Kansas City -no Estado do Missouri, nos EUA-, onde o Foo Fighters se apresentaria. Em resposta aos cartazes que se manifestavam contra a extensão de igualdade de direitos à população homossexual, Dave Grohl e companhia responderam cantando e rebolando. Imagens do protesto foram divulgadas no Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=BD-fWMYcHXk).
É a segunda vez que a banda responde de maneira inusitada a protestos dos fiéis da igreja. Em 2011, eles se inspiraram no visual de caminhoneiros americanos para cantar "Keep It Clean (Hot Buns)", também na traseira de uma picape.

continua após publicidade