Mais lidas
Entretenimento

Pink Floyd 'já era', decreta guitarrista David Gilmour

.

David Gilmour enfrenta entrevista saudosista sobre shows em São Paulo - Imagem: wp.clicrbs.com.br
David Gilmour enfrenta entrevista saudosista sobre shows em São Paulo - Imagem: wp.clicrbs.com.br

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em entrevista à edição de agosto da revista "Classic Rock", o guitarrista do Pink Floyd, Dave Gilmour, afirmou que a banda "chegou ao fim".

Divulgando seu novo disco solo, "Rattle That Lock", o músico afirmou estar seguro de que o álbum "The Endless River", o 15º de estúdio da banda, lançado em 2014, seria o projeto final do Pink Floyd.
Eles não se apresentam ao vivo há 10 anos e, segundo Gilmour, não há planos para uma nova reunião. "Para mim já deu. Estive no Pink Floyd por 48 anos, muitos deles no começo, com Roger [Waters]. E essa época é o que considero ser o nosso auge eram 95% plenas musicalmente, alegre, cheia de diversão e risadas", afirmou. "Não quero deixar os outros 5% contaminarem minha visão de que foi um longo e fantástico tempo juntos. Mas chegou ao fim, estamos satisfeitos -e eu seria hipócrita em voltar atrás."

O guitarrista também afirmou que seria "errado" seguir sem o tecladista Richard Wright, que morreu em 2008. E comentou que, para ele, o Pink Floyd "são só duas palavras que, juntas, unem o trabalho de quatro pessoas", para além do que os fãs consideram ser uma lenda. "É só um grupo. Eu não preciso disso."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber