Entretenimento

Astrônomos acham as estrelas mais "parrudas" do Universo

Da Redação ·
 R136a1, localizada no centro da imagem, é a estrela de maior massa já encontrada
fonte: Foto ESO/Divulgação
R136a1, localizada no centro da imagem, é a estrela de maior massa já encontrada

Astrônomos europeus anunciaram ter descoberto as três estrelas com mais massa já vistas no Universo. A maior delas, chamada pelo singelo nome de R136a1, tem massa 265 vezes que a do Sol – no momento do nascimento da estrela, esse número chegava a 320.

continua após publicidade

As estrelas "parrudas" foram encontrados em conglomerados dessas astros chamados NGC 3603 e RMC 136a. A equipe do pesquisador Paul Crowther, da Universidade de Sheffield (Inglaterra) fez essas descobertas usando o telescópio VLT (Very Large Telescope), instalado no Chile, e dados do observatório espacial Hubble. Ele explica que estrelas tão grandes produzem um fluxo muito grande de gases e poeira.

continua após publicidade

– Ao contrário dos humanos, as estrelas nascem bem pesadas e vão perdendo peso à medida que envelhecem. Com pouco mais de 1 milhão de anos de idade, a R136a1 já é uma estrela de "meia idade" e passou por um intenso programa de redução de peso, o que a fez perder um quinto de sua massa durante esse tempo.

Por causa do brilho intenso e de seu tamanho, se essa estrela substituísse o Sol nosso Sistema Solar, dizem os pesquisadores, o ano na Terra teria apenas três semanas – a carga de raios ultravioletas seria tão violenta que faria a vida no planeta impossível. A R136a1 tem luminosidade 10 milhões de vezes maior do que a do Sol.