Facebook Img Logo
Mais lidas
Entretenimento

'Relatos Selvagens' é o maior vencedor do Prêmio Platino

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O filme argentino "Relatos Selvagens", de Damián Szifrón, foi o maior vencedor do Prêmio Platino do Cinema Ibero-Americano, faturando oito estatuetas em cerimônia que terminou neste sábado (18), em Marbella, na Espanha.
Em sua segunda edição, o evento tenta se firmar como uma vitrine da produção cinematográfica latino-americana.
A comédia de humor negro dirigida por Szifrón concorria a dez indicações e levou oito: filme de ficção, direção, roteiro, atriz (Érica Rivas), montagem, direção de arte, trilha sonora e som. O filme argentino, indicado ao oscar deste ano, é composto de várias histórias curtas sobre vingança.
O Brasil saiu com dois prêmios. "O Menino e o Mundo", de Alê Abreu, ganhou como melhor animação, e o prêmio de melhor documentário foi para a coprodução França-Brasil-Alemanha "O Sal da Terra", de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, sobre o fotógrafo Sebastião Salgado.
Leandra Leal concorria ao prêmio de atriz ("O Lobo Atrás da Porta"), mas perdeu para Érica Rivas. Na categoria de animação também concorria outro brasileiro, o filme "Até que Sbórnia nos Separe", de Otto Guerra e Ennio Torresan.
O espanhol Antonio Banderas foi o homenageado desta edição com um prêmio pelo conjunto da obra. No ano passado, a honraria foi para a brasileira Sonia Braga.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Entretenimento

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber