Facebook Img Logo
Mais lidas
Entretenimento

Ex-baterista do AC/DC é detido na companhia de prostitutas

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Phil Rudd, ex-baterista da banda de rock AC/DC, foi preso pela polícia da Nova Zelândia neste sábado (18), por causas não detalhadas, apenas uma semana após ter sido condenado a oito meses de prisão domiciliar.
O advogado do músico também não detalhou as razões de sua detenção. Rudd, 61, deve passar a noite deste domingo (19) na delegacia.
Segundo o jornal "New Zealand Herald", Rudd se encontrava na companhia de várias prostitutas no momento em que a polícia o deteve, em sua casa na cidade de Tauranga.
Rudd já havia sido condenado no último dia 9 a cumprir oito meses de prisão domiciliar sob a acusação de ter, entre outros crimes, por posse de drogas e por ter proferido ameaças de morte contra seu assistente.
Em 27 de setembro de 2004, a polícia encontrou na casa de Rudd a quantidade de 0,71 grama de metanfetamina e 130 gramas de maconha. Em abril deste ano, ele confirmou que estava na posse da droga e admitiu que havia ameaçado de morte seu ex-funcionário.
Rudd, único integrante do AC/DC nascido na Austrália, se mudou para a Nova Zelândia em 1983 após deixar a banda a que voltou a integrar em 1994.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Entretenimento

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber