Entretenimento

Soraia apanha do pai depois de vexame

Da Redação ·
 Pai não perdoará vexame de filha
fonte: Divulgação
Pai não perdoará vexame de filha

Não podia dar noutra coisa. Bebedeira dá coragem, audácia; audácia demais leva ao vexame; o vexame à vergonha; e, quando se tem um pai como Onofre, a vergonha sempre leva ao castigo. E castigo, na casa daquele homem rude, é na base da grosseria, da cintada. Soraia pagou mico sim. O restaurante inteiro, os bacanas todos (Marcos em particular) repararam no jeito daquela moça ousada, dançando de copo na mão, linda e solta – à beira da vulgaridade. Depois, foram os berros por Dora no meio da rua, no auge do pileque. O vexame estava completo.
 

continua após publicidade

Matilde, que é da paz, segura a onda do marido até onde dá. Em casa, dá banho gelado na filha, baixa a graduação etílica dela, evita o castigo no calor da situação, mas no dia seguinte.


No dia seguinte não tem jeito. Onofre não se esquecera do vexame e assim que Soraia acorda, lá está ele de cinto na mão. Slept, slept, slept. Ui! Mas depois que o cinto canta, sabe o que ele faz? Manda Soraia pra casa de Marcos se desculpar. Pode? Mal sabe ele que está colocando a filha na boca do lobo.