Entretenimento

Público pequeno, mas animado, amanhece em palco da Virada Cultural

Da Redação ·
Público pequeno, mas animado, amanhece em palco da Virada - Foto: Julia Basso Viana /G1/imagem ilustrativa)
Público pequeno, mas animado, amanhece em palco da Virada - Foto: Julia Basso Viana /G1/imagem ilustrativa)

FERNANDA REIS
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Virada Cultural amanheceu esvaziada no palco Julio Prestes e arredores. Um público pequeno, porém animado, acompanhou o show de reggae de Edson Gomes, que começou às 6h deste domingo (21).

Sem os vendedores de bebida credenciados presentes no palco na noite de sábado, predominavam os vendedores de vinho.

Mais popular que o álcool, porém, era a maconha, fumada por boa parte do público em cigarro ou bongs.
Apesar dos banheiros químicos sem fila, um muro na praça era utilizado como banheiro por vários presentes. Vários grupos de garis circulavam pelo local, bastante limpo, à exceção de um cantinho cheio de camisinhas usadas e copos plásticos vazios.

Um homem fez com as garrafas de vinho vazias um cercadinho para expor suas fotos de uma mulher pelada, amarrada pelos pés e pelas mãos.

continua após publicidade