Entretenimento

Filha de Whitney Houston deve morrer em casa, diz site

Da Redação ·
IMAGEM - Fred Prouser/Reuters
IMAGEM - Fred Prouser/Reuters

Bobby Kristina Brown, filha dos músicos Whitney Houston e Bobby Brown, vai ser levada para casa para “morrer em paz”, segundo tabloides americanos. A garota de 22 anos está internada desde fevereiro, após ser encontrada pelo namorado inconsciente em uma banheira. O pai dela, Bobby Brown, seria contra a decisão.

continua após publicidade

Segundo o site Radar Online, uma fonte da família disse que “eles estão planejando tirá-la do hospital [no estado americano] da Geórgia para levá-la à sua terra natal [na Califórnia]. Aquele foi o lar dela e de sua mãe, seria maravilhoso se ela retornasse, apesar de o pai dela ser contra a decisão”. O suposto parente continua argumentando. 

“Se ela realmente estiver viva, então que ela fique em casa rodeada de lindas fotos da mãe dela. É o melhor que se pode conseguir numa situação tão terrível como essa”, finalizou. Bobby Brown seria contra tal mudança por considerar que a filha Bobbi ficaria longe dos aparelhos que a deixam respirar com segurança. Fontes próximas do músico disseram há semanas que Bobby nunca vai desligar os equipamentos que mantêm sua filha viva. 

continua após publicidade

“Mesmo que só exista 0,1% de chance de ela viver, ele a manterá lá”. Apesar de Bobbi ter saído do coma induzido, ela não responde aos estímulos dos médicos e isso seria devido a um dano irreversível no cérebro, segundo o site Radar Online. Bobby Brown e a cunhada de Whitney, Pat Houston, têm a guarda compartilhada de Bobbi Kristina, e isso significa que eles são responsáveis pela decisão de manter a garota respirando artificialmente. Whitney Houston, que morreu em 2012 de overdose, deixou para a filha única uma herança  estimada em 20 milhões de dólares (cerca de R$ 62 milhões). Bobby Brown foi casado com Whitney Houston por 14 anos, num relacionamento turbulento, repleto de traições e uso abusivo de drogas.