Entretenimento

​Comentarista de telejornal diz a Dilma: Cala a boca, Magda

Da Redação ·
Fotos: Divulgação/Site MarcoVilla e Roberto Stuckert Filho/Presidência da República
Fotos: Divulgação/Site MarcoVilla e Roberto Stuckert Filho/Presidência da República

Na segunda-feira (25), os telespectadores da TV Cultura de São Paulo testemunharam mais um episódio da guerra particular entre o historiador Marco Antônio Villa, comentarista do Jornal da Cultura, e a presidente Dilma Rousseff. Crítico feroz do PT e da gestão da presidente, ele não economizou sarcasmo ao falar da entrevista concedida por Dilma ao jornal La Jornada, em razão de sua visita oficial ao México. “A pior entrevista que li na vida de um presidente do Brasil”, afirmou Villa. “Ela quer falar de história mexicana e nem sabe onde fica o México.

continua após publicidade

Eu somei vinte e dois erros (de informação).” Diante do âncora Willian Côrrea e do outro comentarista do dia, o advogado e ex-deputado pelo PT-SP Airton Soares, o historiador foi além no ataque à presidente. “Não conhece nada do México? Fala da Maria do Bairro e do Chapolin”, debochou, em referência à personagem de dramalhão interpretada por Thalia e ao herói atrapalhado vivido pelo saudoso Roberto Bolaños. Ainda irônico, Marco Antônio Villa citou o famoso bordão que fez a fama da personagem de Marisa Orth no seriado Sai de Baixo: “Se não sabe, cala a boca, Magda”.

A entrevista de Dilma ao La Jornada está disponível no site do Palácio do Planalto. A edição de segunda-feira do Jornal da Cultura pode ser assistida no portal Cmais, da TV Cultura.

Confira matéria completa AQUI