Entretenimento

​John Travolta no Oscar: constrangimento foi a marca da noite

Da Redação ·
Por que faz isso, John Travolta? Foto: Kevin Winter / Getty Images
Por que faz isso, John Travolta? Foto: Kevin Winter / Getty Images

Apenas uma palavra pode definir a participação de John Travolta no Oscar de 2015: constrangedor. Com um humor meio estranho e sem jeito, o ator bem que tentou seduzir duas das mais lindas mulheres da noite, mas não deu muito certo. 

continua após publicidade

Ainda no tapete vermelho, John avistou Scarlett Johansson em um belo vestido longo e verde. Atencioso e carinhoso, o astro chegou por trás da atriz e lhe deu um beijo na bochecha. A cara de Scarlett no momento diz tudo sobre o que aconteceu. 

Mas se você pensa que parou por aí, está enganado. A cantora Idina Menzel anunciou John para abrir o envelope na categoria Melhor Canção Original. Mas, ao contrário do esperado, Idina o chamou pelo nome de Glom Gazingo, retribuindo a "gentileza" de Travolta, que errou o nome da cantora no Grammy do ano passado, chamando-a de Adele Dazeem. A reação do ator foi a mais desajeitada possível.

Confira matéria completa AQUI