Entretenimento

Ex-mulher de Guilherme de Pádua fala sobre separação: ‘Fiquei mal’

Da Redação ·
Paula Maia: ela quer reconstituir a vida e projeto com animais de rua (Foto: Reprodução/Reprodução)
Paula Maia: ela quer reconstituir a vida e projeto com animais de rua (Foto: Reprodução/Reprodução)

Uma separação conturbada. Assim Paula Maia, 30 anos, prefere definir o fim de seu casamento com Guilherme de Pádua, assassino confesso da atriz Daniela Perez -, e com quem ficou casada por 8 anos. Segundo a gestora de TI e aluna do curso de veterinária, a separação aconteceu em maio de 2014, envolveu episódios bastante dolorosos, mas sem perseguição – como afirmou uma tia sua ao colunista Ancelmo Gois, do jornal o Globo, desta quarta-feira, 11.“Não viajei por causa de ameaças, como ela falou. Viajei porque fiquei muito mal com a separação. Foi muito doloroso para ambos, fiquei deprimida e precisava dar um tempo”, contou Paula ao EGOnesta quarta. Ela ficou 40 dias na Argentina.

continua após publicidade

Paula não quis esclarecer exatamente quais motivos a levaram se separar de Guilherme. Disse apenas que todo o processo foi sofrido, mas que o ex-marido não teria feito nada que fosse “caso de polícia, nada criminal”.
“O que importa é que o divórcio já saiu”, diz.Pessoas próximas à estudante de veterinária, no entanto, dizem que houve um processo de difamação de Paula feito por Guilherme, e que, por conta disso, ela teve que deixar de frequentar a Igreja Batista Lagoinha, e também o projeto Arca de Noé – que recebia animais de rua resgatados por Paula e sua equipe.

'Fica a experiência'“Não estou mais na Lagoinha, e o meu projeto teve que ser emancipado. É uma pena porque agora não tenho mais para onde levar vários animais que são resgatados nas ruas."Perguntada se está arrependida de ter se envolvido com um homem com o histórico de Guilherme de Pádua, Paula ponderou mais uma vez.“Várias pessoas falaram que eu teria problemas. Mas acho que fica como experiência. Casamento pode dar certo ou não. Espero que ele possa tocar a vida dele”, encerrou.
Guilherme de Pádua, 44 anos, passou a frequentar a Igreja Batista Lagoinha, no bairro de classe média baixa de Belo Horizonte, assim que deixou a prisão. Lá conheceu e casou-se com a Paula Maia. Guilherme foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão por assassinar a golpes de tesoura a filha da novelista Glória Perez, Daniela Perez, em dezembro de 1992. Guilherme contou com a ajuda de sua mulher na época, Paula Thomaz, que também foi presa.

continua após publicidade

Entenda o caso - Segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, Guilherme de Pádua estaria perseguindo a sua ex-mulher, Paula Maia desde que ela teria se decidido divorciar dele. Paula teria tido que ir para o exterior para fugir da fúria do ex-marido, que chegou a rasgar os papeis do divórcio e invadir o apartamento da família, em Belo Horizonte.Segundo post da tia dela em uma rede social, Rosimary Castro Santos, a sobrinha foi difamada pelo ex-ator e expulsa da igreja que frequentavam. Paula e sua família estariam com medo de Guilherme de Pádua..