Entretenimento

Padre Marcelo Rossi revela que já pensou em suicídio

Da Redação ·
Foto: arquivo
fonte: imagem ilustrativa arquivo TN
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - Padre Marcelo Rossi, 47, conversou com Marília Gabriela sobre sua depressão e como superou a doença.

continua após publicidade

"Eu achava que depressão era frescura. Até que Deus permitiu que eu caísse", revelou.

O eclesiástico revelou que não tomou nenhum antidepressivo e que tentou "sair sozinho", mas que tinha consciência que pediria ajuda profissional se precisasse.

continua após publicidade

"Completei 20 anos de padre e amo o que faço. Lido com muitas pessoas deprimidas e a tendência é somatizar. Querendo ou não, você sofre junto. Eu quis fazer uma experiência e provar a uma amigo meu, psiquiatra, que era possível sair da depressão [sem remédios]. O pior são os pensamentos auto destrutivos. Tenho um caso de suicídio na família, meu avô tirou a própria vida. E eu cheguei a pensar nisso. Pensei 'Meu Deus, será que 'herdei' alguma coisa?!'".

Sobre a investigação que o Vaticano fez durante dez anos sobre a sua vida, o religioso vê como algo positivo e diz não ver problema em ser analisado financeiramente e em relação aos seus objetivos

"Só com o santuário novo são milhões e eu doei tudo, não fiquei com nada. Não é pelo dinheiro, não queria e nem quero. Meu maior medo é fanatizar as pessoas. Há uma linha tênue entre o fanatismo e a loucura".

continua após publicidade

Sobre sua perda de peso no ano passado, padre Marcelo Rossi revelou que na juventude estava acostumado a comer muito: "Já comi cinco quilos de chocolate em uma noite".

O programa "De Frente Com Gabi" vai ao ar no domingo (14), à 0h.