Entretenimento

Atriz brasileira tenta a sorte em Hollywood

Da Redação ·
 Fernanda Andrade, que faz carreira em Hollywood
fonte: Arquivo pessoal
Fernanda Andrade, que faz carreira em Hollywood

Na trilha do sucesso como atriz em Hollywood, a brasileira Fernanda Andrade tenta a sorte em Los Angeles. A moça, de 26 anos, que mora há 15 nos EUA, acaba de rodar seu primeiro longa-metragem como protagonista, The Devil Inside, um filme de suspense.

continua após publicidade

Na trama, ela é Isabella Torelli, que procura descobrir a verdadeira história por trás dos assassinatos cometidos por sua mãe no passado.

Ao R7, Fernanda contou sobre sua carreira, rotina em Los Angeles, onde mora, e o motivo que a levou, por coincidência, a traçar o mesmo caminho que Alice Braga. Alice se tornou primeiro conhecida internacionalmente, para só depois fazer trabalhos em sua terra natal.

continua após publicidade

- Não comecei no Brasil porque ainda não sabia que queria ser atriz. Meu pai foi transferido a trabalho para Flórida, quando eu tinha 11 anos. Nessa época, eu ainda achava que iria ser bailarina.

Apesar das semelhanças com a conterrânea, ela disse que cada uma possui sua própria trajetória. As duas chegaram até a disputar o mesmo papel em Redbelt (Cinturão Vermelho), de 2008, que tem no elenco Rodrigo Santoro, também aspirante à estrela de Hollywood.

- Acho que cada um faz seu caminho. Não existe um mapa só. Eu sou completamente apaixonada por esse mundo. Acho que, em parte, esse amor e interesse profundo me impulsionam.
Na trilha do sucesso como atriz em Hollywood, a brasileira Fernanda Andrade tenta a sorte em Los Angeles. A moça, de 26 anos, que mora há 15 nos EUA, acaba de rodar seu primeiro longa-metragem como protagonista, The Devil Inside, um filme de suspense.

continua após publicidade

Na trama, ela é Isabella Torelli, que procura descobrir a verdadeira história por trás dos assassinatos cometidos por sua mãe no passado.

Ao R7, Fernanda contou sobre sua carreira, rotina em Los Angeles, onde mora, e o motivo que a levou, por coincidência, a traçar o mesmo caminho que Alice Braga. Alice se tornou primeiro conhecida internacionalmente, para só depois fazer trabalhos em sua terra natal.

- Não comecei no Brasil porque ainda não sabia que queria ser atriz. Meu pai foi transferido a trabalho para Flórida, quando eu tinha 11 anos. Nessa época, eu ainda achava que iria ser bailarina.

continua após publicidade

Apesar das semelhanças com a conterrânea, ela disse que cada uma possui sua própria trajetória. As duas chegaram até a disputar o mesmo papel em Redbelt (Cinturão Vermelho), de 2008, que tem no elenco Rodrigo Santoro, também aspirante à estrela de Hollywood.

- Acho que cada um faz seu caminho. Não existe um mapa só. Eu sou completamente apaixonada por esse mundo. Acho que, em parte, esse amor e interesse profundo me impulsionam.