Entretenimento

Brasileiro de 23 anos tem o 11º canal mais assinado do YouTube

Da Redação ·
Joe Penna, 23, brasileiro radicado nos Estados Unidos
fonte: Nancy Pastor/Divulgação
Joe Penna, 23, brasileiro radicado nos Estados Unidos

Toda vez que MysteryGuitarMan põe um vídeo no YouTube, mais de 1 milhão de pessoas são avisadas automaticamente. Mas não há mistério: o "guitarrista misterioso" é o brasileiro Joe Penna, 23, desde os 12 nos EUA.
 

continua após publicidade

O ex-estudante de medicina é o diretor, editor, ator e músico --toca violão, gaita, guitarra e, claro, a vuvuzela-- dos vídeos que compõem o 11º canal mais assinado por usuários do YouTube em todo o mundo.
 

Os filmes ultracoloridos, com edição ágil, música, caretas e efeitos exclusivos do YouTube já foram reproduzidos 92,7 milhões de vezes.
 

continua após publicidade

A maior parte da audiência é norte-americana; os brasileiros estão em segundo, "mas gente do mundo inteiro vê", faz questão de dizer. Narra, canta (e faz barulhos) quase sempre em inglês, mas coloca legendas em português.
 

Ele se cadastrou no site em 2006. "No início, eu colocava só vídeos bobos", contou à Folha por telefone, de Los Angeles, onde mora.
 

"Comecei porque eu gostava de fazer filmes. Era assistente de direção em comerciais locais em Boston, fui aprendendo edição", diz.
 

continua após publicidade

Passou a crise
 

Mas veio a recessão econômica de 2008 e, recorda-se, "acabaram as oportunidades" nesse mercado.
 

Penna queria continuar com os filmes. "Mudei para Los Angeles e fui fazer YouTube em tempo integral, para ganhar dinheiro."
 

continua após publicidade

Ele não diz quanto recebe do Google, proprietário do YouTube, pelos comerciais exibidos com seus filmes. Mas afirma que, depois de "quase quatro anos sem fazer nem sequer um centavo", hoje recebe o suficiente para pagar "o carro, a casa, tudo o que eu preciso".
 

O sucesso que o faz ser reconhecido "com frequência, especialmente por crianças" nas ruas de Los Angeles ajudou o diretor a expandir as fontes de lucro.
 

continua após publicidade

Vende camisetas com desenhos que os próprios fãs mandam para ele (envia uma de graça para o desenhista do trabalho eleito), adesivos e até aplicativos para o iPhone e para o Facebook com a grife MysteryGuitarMan.
 

Ainda assim, faz questão de divulgar seu trabalho no Twitter, no Facebook, no Orkut, para os amigos.
 

Mas o segredo da popularidade, diz, é a regularidade e a disciplina que dedica à sua produção.
 

Coloca dois clipes por semana no ar e demora até 16 horas para editar filmetes que, não raro, duram um ou dois minutos.