Entretenimento

Atividade física é tratamento contra depressão

Da Redação ·
 Pesquisadores dizem que exercícios servem de complemento para a terapia
fonte: googleimagens.com
Pesquisadores dizem que exercícios servem de complemento para a terapia

Um estudo feito nos Estados Unidos sugere a realização de exercícios físicos como uma "droga mágica" para a depressão e distúrbios de ansiedade. A equipe de cientistas pede que os médicos receitem mais esse tipo de terapia alternativa para os pacientes.

continua após publicidade

Os pesquisadores, que trabalham na Universidade Metodista de Dallas, analisaram dados de outros estudos e relacionaram o exercício físico à saúde mental. Smits, professor de psicologia e diretor do centro de tratamento para ansiedade da universidade, diz que os tratamentos convencionais, como os remédios e a terapia comum, não preenchem as necessidades de todas as pessoas.

continua após publicidade

– O exercício físico pode ser útil para pessoas que não recorrem aos tratamentos convencionais por motivos como falta de acesso e alto custo ou por terem receio do estigma social relacionado a esse tipo de terapia. A atividade física pode ser um complemento para os tratamentos tradicionais, ajudando os pacientes a ficarem mais focados e animados.

continua após publicidade

Smits diz que as pessoas que se exercitam têm "menos sintomas de ansiedade e depressão e níveis menores de estresse e raiva".

– A atividade física parece afetar, assim como um remédio antidepressivo, certos sistemas de neurotransmissores no cérebro e ajuda pessoas com depressão a estabelecerem comportamentos mais positivos. Para pacientes com distúrbios de ansiedade, o exercício reduz o medo e sensações como o coração acelerado ou a falta de ar. A equipe recomenda que os profissionais que lidam com saúde mental estimulem os pacientes a praticar exercícios.