Entretenimento

Anatel prorroga consulta pública sobre novo DDD em SP

Da Redação ·

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) prorrogou até o dia 21 de julho o prazo de contribuições para a consulta pública que cria um novo DDD para a cidade de São Paulo. O código é o 10. O prazo vencia agora, no início do mês. O objetivo da agência, ao criar o novo código, é duplicar o número de linhas disponíveis na capital, já que os números atrelados ao DDD 11 estão se esgotando.

continua após publicidade

Para garantir a oferta de Recursos de Numeração para a telefonia celular na área 11, que abrange a região metropolitana de São Paulo, a agência propõe a criação do código de área 10 sobreposto à área 11 e a preparação das redes móveis para uma possível ampliação de oito para nove dígitos no número dos telefones celulares.

continua após publicidade

A mudança é necessária porque, diante do crescimento do mercado, no fim deste ano já deverão começar a ficar escassas as combinações possíveis usando os atuais oito dígitos.

continua após publicidade

Depois da mudança, para fazer uma ligação para os atuais celulares, a pessoa deverá discar 11 e o número antigo. Para chamar os celulares adquiridos a partir da alteração, será necessário discar 10 e outros oito dígitos. Na hora de dar o número para um cliente ou amigo, por exemplo, a pessoa terá de informar os dez dígitos de seu telefone.

Mesmo com a mudança, as ligações feitas dentro da área 11 continuarão a ser tarifadas como chamadas locais. Se a ligação for feita de fora da região metropolitana, esses dois prefixos funcionarão como um DDD. Nestes casos, as ligações continuarão precedidas de zero, código da operadora de longa distância e o número 10 ou o número 11, mais os oito dígitos.