Entretenimento

Mr. Catra canta sambafunk em novo disco do cantor Arlindo Cruz

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mr. Catra canta sambafunk em novo disco do cantor Arlindo Cruz
fonte: Foto: Divulgação
Mr. Catra canta sambafunk em novo disco do cantor Arlindo Cruz

SÃO PAULO, SP - Entre as seis participações especiais do disco "Herança Popular", de Arlindo Cruz, a de Mr. Catra provoca maior curiosidade. Ele está na faixa final, "Ela Sambou, Eu Dancei".

continua após publicidade

A canção é uma das duas regravações do disco e tem a batida marcante do funk. "A versão original era só um samba, que foi gravado pelo grupo Raça", conta Arlindo Cruz.

Na releitura, a música se torna uma mistura de pagode, funk e samba-enredo. "Abri minha cabeça para esse mundo há quatro anos, por meio do "Esquenta!"", diz o autor.

continua após publicidade

Já Mr. Catra comemora a parceria. "Sempre digo que o samba é parente do funk, que é a cara do Brasil. E Arlindo Cruz, além de grande amigo, é funkeiro também. É o cara!" Catra diz estar gravando um CD que flerta com o samba: "O funk vai bem com todos os ritmos. Meu pai era passista de escola de samba. O samba faz parte da minha vida."

Igualmente, o gênero está na trajetória de Hamilton de Holanda, músico convidado da faixa-título do CD.

"Fiquei feliz com o convite, porque Arlindo Cruz é de uma geração de compositores brilhante, responsável por dar uma dimensão mais popular ao samba", avalia ele.

Zeca Pagodinho está em "Somente Sombras". A faixa homenageia Jair Rodrigues (1939-2014), que havia gravado a canção nos anos 1980.
Marcelo D2 lê o salmo 91 em "O Mundo em que Renasci". Já Maria Rita está em "Paixão e Prazer" e cantará com Arlindo Cruz no show que ele deverá fazer no dia 18 de outubro, no Espaço das Américas.