Entretenimento

Segundo decisão judicial, Anitta segue até o final do ano com produtora

Da Redação ·
Foto: Beto Gatti/ Celso Fontinelli
fonte:
Foto: Beto Gatti/ Celso Fontinelli

Mais um capítulo da briga na justiça entre Anitta e seus empresários. Segundo comunicado divulgado pela assessoria da K2L Empreendimentos Artísticos, o contrato para gerenciar a carreira da cantora segue sob responsabilidade da produtora até o final do ano. A juíza Cíntia Souto Machado de Andrade, titular da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, teria entendido que não foram apresentadas provas convincentes o suficiente sobre o caso.

continua após publicidade

Em nota divulgada à imprensa na tarde desta quarta-feira, 3, a produtora afirmou: "O desembargador Gilberto Dutra Moreira confirmou a negativa do pedido liminar que tentava impedir que a K2L Empreendimentos Artísticos continuasse representando os interesses da cantora Anitta, portanto o seu contrato exclusivo com a K2L permanece em vigor. Ele confirmou a decisão da juíza Cintia Souto Machado de Andrade, titular da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, expedida no dia 01/09/14, alegando que a artista não apresentou provas contundentes a respeito do caso. A K2L vai prestar contas e notificar contratantes, a fim de manter a transparência e confirmar seu profissionalismo e comprometimento junto a eles. A cantora Anitta perdeu, em última instância, o direito de comercializar seus shows. Portanto, até que sejam pagas as multas rescisórias previstas em contrato, a artista permanece no casting da K2L"


A Polêmica toda começou depois que Anitta rompeu com seus empresários e passou a gerenciar a própria carreira. Na ocasião, a cantora processou a ex-empresária, Kamila Fialho, por desvido de R$ 2,5 milhões.

continua após publicidade

O outro lado

Logo após a divulgação da nota da produtora, a assessoria de Anitta também enviou um comunicado à imprensa com sua interpretação sobre decisão judicial, reafirmando que o contrato entre as partes já foi rescindido. Confira:

"Temos a informar que a Juíza da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, Dra. Flávia Viveiros de Castro, atendeu ao pedido da cantora para determinar a publicação de editais, em veículos públicos, informando a todos que o Contrato firmado entre a Anitta e a K2L terminou. Em relação à ação cautelar que entramos, a Juíza responsável, Dra. Cintia Souto Machado de Andrade, da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, ainda NÃO se pronunciou sobre o pedido da cantora, que foi feito para impedir a insistência da K2L em continuar se apresentando como agente da Anitta, apesar de já ter sido comunicada, via Notificação, para não fazer mais isso, porque o Contrato já foi rescindido. O que aconteceu, de fato, foi que a Juíza preferiu, em respeito ao direito de contraditório, determinar uma perícia nas contas apresentadas pela cantora, ANTES de se pronunciar sobre esse pedido.

Importante é que a não apreciação da liminar não interfere em nada no término do contrato, que já aconteceu, como informado em Nota Oficial pela cantora. Já a decisão do Desembargador ocorreu no mesmo sentido, isto é, aguardar a prova pericial para EXAMINAR o pedido liminar. Há também uma ação de prestação de contas na qual a K2L foi citada ontem, e em que terá prazo para apresentar todos os comprovantes e notas fiscais devidas".

Confira matéria completa AQUI