Entretenimento

Internet grátis não funciona no Centro do Rio

Da Redação ·

Um dia após o lançamento do acesso à internet sem fio na avenida Presidente Vargas, uma das principais vias do Centro do Rio de Janeiro, quem tentou se conectar usando laptop ou smartphone ficou frustrado. O sinal wi-fi (sem fio) não funcionou. O R7 percorreu a avenida nos dois sentidos, entre 8h e 12h desta sexta-feira (18), e não conseguiu acesso à internet em nenhum ponto entre Cidade Nova e Candelária. A reportagem passou pela Central do Brasil e também não obteve sucesso.

continua após publicidade

Gerentes de lojas, jornaleiros, porteiros, vendedores ambulantes e pedestres disseram desconhecer que o projeto Rio Estado Digital, que já funciona em vários pontos da cidade (morro Santa Marta, Cidade de Deus, orlas de Ipanema e Leblon, parte da Baixada, avenida Brasil, parte de Manguinhos, Pavão-Pavãozinho/Cantagalo e parte da Rocinha) havia chegado ao Centro.

continua após publicidade

A Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio negou problemas na rede da Presidente Vargas. Por meio de nota, a assessoria de imprensa reconheceu apenas que "o sinal de internet em alguns pontos da orla de Copacabana sofreu interrupções devido à instabilidade elétrica no circuito que conduz o sinal. O problema já está sendo solucionado.

continua após publicidade

A secretaria explica que, para se conectar, é necessário que o usuário selecione a rede “P. Vargas digital” entre as redes disponíveis identificadas pelo equipamento. Ao acessar a página com o ícone do programa, o usuário deve clicar em continuar. Entretanto, os equipamentos da reportagem não captaram a rede.

Adélson Vieira, porteiro de um prédio da Presidente Vargas reclamou também da falta de informações sobre a internet grátis.

continua após publicidade

- Ninguém avisou nada. Não recebemos qualquer panfleto ou comunicação. Ter internet grátis vai facilitar muito a vida de todo mundo, mas tem que avisar e funcionar, né?

continua após publicidade

Já o bancário Nilton Bastos de Lima disse não acreditar que o sinal grátis vá beneficiar muita gente.

- Quem vai ficar andando com um computador no meio da Presidente Vargas? Era preciso melhorar a segurança antes. Vivem roubando celulares nos pontos de ônibus, imagine se não vão levar um computador portátil.

A secretaria não se manifestou sobre essas críticas. A reportagem do R7 também foi até a orla de Copacabana, onde o projeto já existe desde 2008, e no horário, não conseguiu navegar.