Entretenimento

Medidas simples para a saúde mental

Da Redação ·
Cuidar da saúde mental é um hábito simples de ser adquirido
fonte: (Imagem ilustrativa)
Cuidar da saúde mental é um hábito simples de ser adquirido

Cuidar da saúde mental é um hábito simples de ser adquirido. Neste artigo, recomendamos alguns comportamentos úteis para harmonizar aquele que consideremos o mais importante setor da vida humana. No entanto, para melhor compreender a forma com que essas dicas irão atuar, são necessários breves embasamentos conceituais. Nossos pensamentos induzem os neurotransmissores cerebrais a emitirem cargas ‘bioelétricas’ que controlam, entre outras coisas, a produção dos hormônios responsáveis pelos sentimentos de alegria e pelo fortalecimento imunológico. Desta forma, para se ter mente e corpo saudáveis é necessário, também, vigiar a qualidade dos pensamentos.

Quando temos o hábito de pensar coisas agradáveis, nosso organismo devolve esse estímulo em forma de boas sensações, num ciclo virtuoso, que incentiva o indivíduo a manter-se na positividade. Por outro lado, se costumamos manter o foco mental em projeções desagradáveis, essa produção hormonal é reduzida, criando terreno favorável a sentimentos como ansiedade e depressão. Trata-se de uma ciência, não de mera especulação.

DICAS

Celebre pequenas conquistas com entusiasmo

Toda grande caminhada, seja na saúde ou na vida profissional, se faz com pequenos passos. A cada pequena conquista comemorada, banhamos nosso organismo de motivação para os próximos degraus. Assim, converte-se o inconsciente em aliado. Por outro lado, reservando alegria apenas aos grandes acontecimentos, aumenta-se a ansiedade.

Tente sempre encontrar o lado positivo das situações

Eventualmente, todos passarmos por situações indesejadas. No entanto, tudo na vida tem o lado positivo e o negativo. Habituando nosso cérebro a sempre procurar o outro lado bom de uma eventual situação adversa, assumimos uma postura madura e saudável, além de perdermos menos tempo na concretização dos nossos objetivos.

Evite programas sensacionalistas e conversas que enfatizem o lado degradante do ser humano

Apesar da necessidade de estarmos bem informados, o acompanhamento sistemático dos fatos trágicos narrados de forma sensacionalista contribui para o decaimento da produção hormonal, reduzindo o prazer de viver e condicionando nossa consciência a dar ênfase ao lado trágico da vida. O mesmo se dá com conversas interpessoais de mesmo teor.

Viva o momento presente

Se perder em elucubrações sobre fatos que talvez nunca ocorram é a forma mais eficaz de acumular problemas. Além disso, esse comportamento gera ansiedade com efeitos potencialmente devastadores ao organismo. Se concentrar no momento presente economiza energia e deixe o cérebro livre para se concentrar no que realmente importa.  

Encontre espaço na agenda para relaxar e pensar naquilo que gostaria de experienciar

Duas considerações são importantes para compreender este tópico: 1 - O inconsciente é figurado e não analítico. 2 - Semelhante atrai semelhante. Ao unirmos relaxamento e redução das ondas cerebrais com a produção de imagens mentais das vivências que gostaríamos de experienciar, ajudamos a vida a nos aproximar desses objetivos.

Faça o possível para estar rodeado de pessoas com as quais tem prazer de lidar

continua após publicidade

A alegria é um dos combustíveis da saúde mental. É quando estamos descontraídos – e não pressionados – que surgem as boas ideias. Uma das melhores formas de se obter esse sentimento é estar rodeado de familiares e amigos com os quais nos sentimos bem. Crie, com mais frequência, oportunidades onde esses encontros possam acontecer. 

Evite, ao máximo, o mau hábito da fofoca

O principal sentimento que leva uma pessoa a fofocar se chama inveja. Inconscientemente, ter inveja significa assumir que não se é capaz de conquistar o objeto desejado com as próprias forças. Desta forma, a pessoa nesse nível mental mergulha num ciclo de negatividade e, não raro, se vê tentando atrapalhar os outros através de conversas maledicentes.

Pratique exercícios físicos regularmente

O organismo humano funciona como um todo. É impossível ter saúde plena se uma das partes não está devidamente cuidada. O corpo é um veículo de expressão da mente e praticar exercícios físicos regularmente é uma ótima aposta. Se a máxima “mente sã corpo são” é verdadeira, a inversão da expressão também é válida: “corpo são, mente sã”.

Alimente-se de forma saudável

Tudo aquilo que ingerimos torna-se parte de nós. Naturalmente, há alimentos favoráveis e desfavoráveis à saúde. Especialistas alertam, principalmente, contra os industrializados, com altas doses de conservantes. Estabelecer uma dieta apropriada é um dos componentes básicos para o equilíbrio orgânico, em geral, e também para a mente, em particular.  

Tenha o hábito do estudo como postura de vida

Boa parte da história do sucesso humano em todos os setores estão nos livros. Desta forma, quem não gosta de ler, por exemplo, está quilômetros de distância atrás de quem possui esse hábito como postura de vida. Conhecimento é poder e aplicar corretamente o conhecimento é sabedoria. Quem estuda ganha foco mental e conhecimento.


Rose Scheffer, terapeuta vibracional do Instituto de Pesquisas e Tratamentos Humanísticos (IPTH).