Entretenimento

60% das crianças já passaram por situações constrangedoras

Da Redação ·
 O estudo ouviu 7.000 adultos e 2.800 crianças. Um dos resultados indica que 20% dos pequenos já se arrependeram de algo que fez na internet
fonte: Foto por Getty Images
O estudo ouviu 7.000 adultos e 2.800 crianças. Um dos resultados indica que 20% dos pequenos já se arrependeram de algo que fez na internet

Uma recente pesquisa anual feita por uma empresa que desenvolve programas para navegação segura na internet apresentou resultados que servem de alerta principalmente aos pais.

continua após publicidade

A pesquisa revelou que as crianças gastam em média 24 horas por semana na web e mais da metade dos entrevistados já passou por situações constrangedoras enquanto estavam online. Elas ficaram expostas a conteúdo impróprio ou foram incentivadas a conhecer alguém na vida real que iniciou um contato pela rede, por exemplo, por meio de serviços de bate-papo.

continua após publicidade

O estudo ouviu 7.000 adultos e 2.800 crianças. Um dos resultados indica que 20% dos pequenos já se arrependeram de algo que fez na internet, enquanto 39% dos mais jovens responderam que já sentiu raiva a partir de experiências na internet. Cerca de 66% das pessoas descreveram sentimentos de medo ou preocupação.

continua após publicidade


Anne Collier, codiretor da organização chamada ConnectSafely, que ajudou no estudo, disse ao Telegraph que a pesquisa é reveladora sobre os hábitos online.

- Esse relatório apresenta uma rápida noção da vida online dos jovens em muitos países. Ele nos dá uma clara mensagem de que a segurança online e aquela proporcionada pelos pais são universais e oferece pistas e informações que podem prepará-los em todo o mundo para ajudar as crianças a usar a web com segurança e manter a conversa sobre tecnologia sempre aberta.