Entretenimento

Orkut recua e elimina mudanças nos scraps

Da Redação ·
 Orkut
fonte: googleimagens.com
Orkut

O Google anunciou nesta segunda-feira (14) que resolveu tirar do Orkut uma das novidades anunciadas na semana passada, envolvendo o sistema de recados (scraps). A empresa disse que vai reavaliar o assunto e que o recurso deve voltar à rede social nas próximas semanas.

continua após publicidade

Pelo novo sistema, todos os recados enviados pelos internautas apareciam em uma lista na página inicial de seu perfil, e não só na caixa de recados do outro usuário, como acontecia desde o lançamento do Orkut, em 2004. Outro novo recurso, muito parecido com o que acontece no Facebook, permitia que os amigos comentassem as mensagens, gerando uma conversação. Quem comentasse os recados também recebia as demais mensagens em sua página, para não perder a conversa.

continua após publicidade

De acordo com Félix Ximenses, diretor de comunicação do Google no Brasil, a mudança não foi bem compreendida pelos usuários, que consideraram que a ferramenta expunha demais as mensagens, apesar de haver a opção para que a conversa se mantivesse privada.

continua após publicidade

– Muita gente não entendeu, então é um erro nosso, já que a opção não estava muito clara. Nós recolhemos a ferramenta para resolver essa questão. Precisamos entender o que aconteceu e repensar a ferramenta, que deve voltar nas próximas semanas.

As mudanças no Orkut fazem parte da estratégia do Google para manter a liderança entre as redes sociais no Brasil. Há pouco mais de sete meses a rede social foi remodelada para facilitar o acesso à maior quantidade de recursos possível diretamente da página inicial, onde se consegue visualizar toda a lista de amigos e comunidades.

continua após publicidade

Apesar de contar com menos usuários do que o Orkut no Brasil, país em que 38 milhões de pessoas acessam a web de casa ou do trabalho por mês, o Facebook vem crescendo devagar, mas sem parar.

Dados da empresa Ibope Nielsen Online indicam que, de maio de 2009 a abril deste ano, o percentual de usuários brasileiros do Facebook cresceu quase quatro vezes, de 7,9% para 26%. Nesse período, o Orkut se manteve estável, em torno dos 70% de usuários.