Entretenimento

Diabetes dobra o risco de câncer em mulheres

Da Redação ·
 Interação do diabetes com hormônios femininos pode exagerar o risco e fazer certos órgãos serem mais receptivos a certos tipos de câncer - Foto: Arquivo
fonte: Foto por Getty Images
Interação do diabetes com hormônios femininos pode exagerar o risco e fazer certos órgãos serem mais receptivos a certos tipos de câncer - Foto: Arquivo

Um estudo da Universidade de Tel Aviv afirma que ter diabetes tipo 2 pode dobrar o risco de câncer genital em mulheres. A ocorrência da doença pode ser causada pela interação entre mecanismos da doença e os hormônios femininos, que agem no aparelho reprodutor.

continua após publicidade

Segundo um dos autores do estudo, o médico Gabriel Chodick “a interação do diabetes com hormônios femininos parece exagerar o risco e fazer certos órgãos como o útero e os ovários serem mais receptivos a certos tipos de câncer".

continua após publicidade

Já para os homens, a relação entre câncer e o diabetes tipo 2 resulta em uma boa notícia. O estudo demonstra que a doença realmente parece ter um efeito preventivo sobre o câncer de próstata, reduzindo o risco de cânceres associados com hormônios, como insulina.

continua após publicidade

Mas não há motivos para pânico, segundo os pesquisadores, pois a incidência de câncer genital, como o ovário e de colo de útero, nas mulheres diabéticas é relativamente baixa.

O diabetes tipo 2 é caracterizado pelo alta taxa de glicose no sangue ocorrida pela falta de insulina e geralmente acomete adultos. Dependendo dos casos, pode ser prevenida com uma dieta saudável, exercícios físicos e remédios por via oral.