Entretenimento

Cometas são formados em outros Sistemas Solares

Da Redação ·
 Cometas como Halley (foto) podem ter nascido em outros Sistemas Solares, ao redor de outras estrelas, que não o nosso astro-rei
fonte: Foto por Kuiper Airborne Observatory/Nasa
Cometas como Halley (foto) podem ter nascido em outros Sistemas Solares, ao redor de outras estrelas, que não o nosso astro-rei

Muitos dos mais famosos cometas da história, como o Halley e o Hale-Bopp, nasceram ao redor de outras estrelas, mas não do Sol, revelou estudo do astrônomo Martin Duncan, da Universidade de Queen, e de um grupo internacional de astrônomos.

continua após publicidade

Segundo Duncan, “quem já viu a cauda de um cometa no céu à noite devia estar olhando o material de outra estrela”.

continua após publicidade

Os cientistas usaram simulações em computador para mostrar que o Sol pode ter capturado pequenos pedaços de gelo de suas estrelas-irmãs enquanto estava no local de nascimento delas, o que criou um reservatório de cometas.

continua após publicidade

Embora atualmente o Sol não tenha nenhuma estrela companheira, os cientistas dizem que ele teria se formado em um agrupamento de centenas de estrelas compactas que foram incorporadas em uma nuvem densa de gases.

Durante esse período, cada estrela agrupou uma enorme quantidade de pequenos corpos gelados (cometas) em uma certa região, a partir do qual os planetas se formaram.

continua após publicidade

A maior parte desses cometas foi arremessada para fora desses sistemas planetários pré-natais pelos novos planetas gigantes em formação, tornando-se membros minúsculos e flutuantes do agrupamento. O agrupamento do Sol acabou quando seu gás foi explodido pelas estrelas jovens mais quentes.

continua após publicidade

O modelo computacional dos pesquisadores mostra que, depois, o Sol capturou uma enorme nuvem de cometas assim que o agrupamento se dispersou.

Segundo os cientistas, esse processo de captura “é surpreendentemente eficiente e sugere que a nuvem contivesse uma mistura de amostras de uma enorme quantidade de estrelas-irmãs do Sol”.

A prova disso vem de uma nuvem quase esférica de cometas (chamada nuvem de Oort), que circunda o Sol. Como a nuvem Oort foi criada tem sido um mistério há mais de 60 anos.