Entretenimento

Astrônomos revelam valas de polo Norte

Da Redação ·
 Fendas seriam resultado de um longo processo de erosão, causado pelo vento e pelo Sol
fonte: Nasa/JPL-CalTech/MSSS/AFP
Fendas seriam resultado de um longo processo de erosão, causado pelo vento e pelo Sol

Novas descobertas do radar da sonda Mars Reconnaissance Orbiter revelaram a geologia do subsolo de Marte, permitindo aos cientistas reconstituírem o processo de formação das valas em espiral, um enigma de quase quatro décadas.

continua após publicidade

Cientistas descobriram que essas formas são resultado de um longo processo de erosão, que lhe deu a aparência atual, infromou o site de ciência Science, com, nesta quinta-feira (27).

continua após publicidade

O estudo deu aos cientistas uma nova luz sobre a duração dos processos que permitem ao vento e ao Sol dar forma à superfície do planeta e que podem levar a mais modelos climáticos baseados em evidências do planeta vermelho.

continua após publicidade

A calota rica em gelo polar (a área semicircular branca no centro) é de aproximadamente 1.000 km. Essa camada é dividida por faixas escuras em forma de espiral.

As que ficam na sombra são as mais profundas. Elas não refletem a luz solar nem têm mais camadas internas expostas. à direita do centro, um grande desfiladeiro, o Chasma Boreale, quase corta a camada de gelo ao meio.

continua após publicidade

O Chasma Boreale é quase do mesmo tamanho do famoso Grand Canyon, que fica nos Estados Unidos, e tem até 2 km de profundidade.