Entretenimento

Milionário, Dourado diz que quer trabalhar

Da Redação ·
Marcelo Dourado é o vencedor do "Big Brother Brasil"
fonte: Ricardo Leal/UOL
Marcelo Dourado é o vencedor do "Big Brother Brasil"

Marcelo Dourado foi o grande vencedor da décima edição do "Big Brother Brasil". E, mesmo com R$ 1,5 milhão em sua conta bancária, o lutador pretende continuar na labuta. "Quero trabalhar porque sou um trabalhador. Claro que vou investir o dinheiro, mas pretendo trabalhar", disse o vencedor, na entrevista coletiva realizada na noite de terça-feira (30/3).

continua após publicidade

Investir significa não só aplicar parte do dinheiro do prêmio, mas também dar um pouco de conforto à família. "Penso em comprar um teto para os meus irmãos e também uma casa para mim, que eu nunca tive", contou Dourado, que antes de entrar no programa estava vivendo de aluguel num modesto apartamento na comunidade do Terreirão, na zona oeste do Rio.

Sobre sua tatuagem com a inscrição "Sem fé", Dourado diz que ela representa um momento de sua vida. "Todas as minhas cicatrizes representam uma fase. Tenho mais de cem cicatrizes na cabeça, que são resultados das lutas", explica ele, que foi campeão mundial de jiu-jítsu.

continua após publicidade

Para o vencedor do reality show, o primeiro lugar se deve a sua educação: "Acho que ganhei o BBB com a minha educação e isso eu agradeço à minha família, meus amigos e meus professores".

Dentro da casa, Dourado jura que não imaginava ganhar o prêmio máximo do "Big Brother". "A gente está confinado lá dentro e não sabe nada sobre como está a nossa popularidade aqui fora. O fato de ter ido a muitos paredões não diz muito porque a Lia foi em quatro e não voltou do último", justificou.

Dourado está rico, namora a comerciante Érika Barbosa há cinco anos, mas não disse se vai casar com a moça. "Esse assunto eu só falo na presença do meu advogado", brincou.

continua após publicidade

O vencedor afirma que não é homofóbico e assegura não saber absolutamente nada sobre as ameaças que seus fãs vinham fazendo pela internet aos seus adversários no jogo. "A imprensa é que está me dizendo isso agora. Não posso responder nada porque preciso ouvir o outro lado, entender essa história melhor", ponderou.

Aliás, pela primeira vez, três viaturas da polícia militar ficaram paradas em frente à portaria 3 do Projac, onde fica a casa do "Big Brother" e permaneceu no local até o término do programa. A assessoria de imprensa da Globo não soube explicar a presença da força policial no local.