Entretenimento

"Gonzaga - De Pai para Filho" vence o GP do Cinema Brasileiro

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia "Gonzaga - De Pai para Filho" vence o GP do Cinema Brasileiro
fonte:
"Gonzaga - De Pai para Filho" vence o GP do Cinema Brasileiro

SÃO PAULO, SP, 15 de novembro (Folhapress) - O longa "Gonzaga - De Pai para Filho", dirigido por Breno Silveira, foi o vencedor na categoria de melhor filme de 2012 no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O resultado foi anunciado na quarta (13/11), em cerimônia realizada na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

Além de sair vitoriosa na principal categoria do evento, a produção, que narra a relação entre o compositor e sanfoneiro Luiz Gonzaga com seu filho Gonzaguinha, levou também a melhor em outras quatro categorias: som, ator coadjuvante (João Miguel), diretor (Breno Silveira) e ator (Júlio Andrade).

Entre os documentários, "Raul, o Início, o Fim e o Meio", de Walter Carvalho, sobre a trajetória do roqueiro Raul Seixas, conquistou o prêmio. Pela atuação como a mulher de um caminhoneiro em "À Beira do Caminho", Dira Paes venceu como melhor atriz.
 

continua após publicidade
confira também



Na escolha do público, o selecionado foi o pernambucano Claudio Assis, com o filme "Febre do Rato".

A homenageada da noite foi a atriz Ruth de Souza, que subiu ao palco para ser aplaudida de pé aos 92 anos. Após despontar no filme "Sinhá Moça", produção dos estúdios da Vera Cruz de 1953, Souza participou de novelas e séries de TV.

Veja os principais vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro:

Melhor longa-metragem de ficção: "Gonzaga - De Pai para Filho", de Breno Silveira

Melhor documentário: "Raul - O Início, o Fim e o Meio", de Walter Carvalho

Melhor direção: Breno Silveira por "Gonzaga - De Pai para Filho"

Melhor atriz: Dira Paes por "À Beira do Caminho"

Melhor ator: Júlio Andrade por "Gonzaga - De Pai para Filho"

Melhor atriz coadjuvante: Ângela Leal por "Febre do Rato" e Leandra Leal por "Boca"

Melhor ator coadjuvante: Claudio Cavalcanti por "Astro - Uma Fábula Urbana em um Rio de Janeiro Mágico" e João Miguel por "Gonzaga - De Pai para Filho"