Entretenimento

Taylor Swift recebe prêmio por sua carreira

Da Redação ·
Crédito da foto: purepeople.com.br
fonte:
Crédito da foto: purepeople.com.br

SÃO PAULO, SP, 7 de novembro (Folhapress) - A cantora americana Taylor Swift recebeu o troféu especial de auge da carreira na 47ª premiação da Associação da Música Country (CMA), ontem, por disseminar o gênero a um público mais amplo. O prêmio só havia sido conferido uma única vez -na sua criação, em 2005, dado ao cantor Garth Brooks.

Durante o tributo, foi passado um vídeo com depoimentos de nomes como Mick Jagger, Justin Timberlake e Julia Roberts.

"Obrigada, eu amo vocês. Vocês fazem eu me sentir tão especial neste momento", falou a cantora durante seu discurso de agradecimento. A cantora também ganhou o prêmio de melhor evento musical.
 

continua após publicidade
confira também



Mesmo com a honraria, Swift não levou para casa a categoria de artista do ano, que ficou para George Strait. Esta foi a terceira vitória do cantor -a última vez havia sido em 1990- na categoria, deixando-o com 17 prêmios da associação ao longo de sua carreira. Ele diz que deve se aposentar em 2014.

"Isso me deixa extasiado, eu não posso acreditar. Isto significa muito para mim e eu agradeço", disse um Strait surpreso ao aceitar o prêmio.

Blake Shelton, um dos jurados do reality show americano "The Voice" desde 2011, levou os prêmios de melhor vocalista masculino e melhor álbum do ano por "Based On a True Story...".

"Eu falei hoje mais cedo que, se havia um prêmio que significaria muito pra mim esta noite, seria o de álbum do ano", agradeceu Shelton em seu discurso.

O cantor, que foi considerado o artista do ano na premiação de 2012, chega a uma total de oito prêmios da CMA. Miranda Lambert, sua mulher, ganhou na categoria de vocalista feminina do ano.

A dupla Florida Georgia Line ganhou seus dois primeiros prêmios, como single do ano pela canção "Cruise" e como melhor dupla de vocalistas.

A cerimônia também fez tributo ao cantor Kenny Rogers, que recebeu um prêmio de reconhecimento da carreira, e George Jones, que morreu em abril.