Entretenimento

Pontos de Luz - (1ª parte)

Da Redação ·
 Sete pontos concentram a energia do ser humano - imagem ilustrativa
fonte:
Sete pontos concentram a energia do ser humano - imagem ilustrativa

Sete pontos concentram a energia do ser humano. Conhecidos como chakras, dominam as regiões específicas do corpo e da existência. Harmonizando esses canais de luz, é possível liberar o fluxo energético e alcançar o equilíbrio. Além de órgãos, músculos e ossos, nosso corpo é um emaranhado de pontos de energia. Esses pontos estão localizados bem no centro do corpo, não são visíveis nem palpáveis. Mas quando se desequilibram causam o maior rebuliço. Em sânscrito, o termo chakra significa roda de luz ou energia. Cada chakra domina uma região do corpo, e quando se consegue equilibrar esses pontos de energia, nosso corpo e nossa mente resistem melhor às turbulências do dia a dia. Nosso corpo possui um turbilhão de canais de energia como vimos, porém os mais sentidos e que podem ser equilibrados são sete. Confira! ( 1ª parte)

continua após publicidade

1º - Chakra básico – Organiza o fluxo energético dos pés e pernas, estando vinculado no sacro, uretra, reto e ânus. Hemorroidas é um dos problemas mais comum quando este chakra está em desequilíbrio. Este local é a sede da kundalini, que sobe pelo cóccix pegando toda a coluna como uma serpente rastejante. Dores na coluna, problemas nos ossos, são desequilíbrio deste chakra. Para equilibrá-lo aconselha-se andar descalço na terra e usar cores quentes como vermelho e laranja. As pedras ágata vermelha, rubi e granada vermelha são fonte de equilíbrio.

continua após publicidade

2º - Chakra esplêndido ou sacral - Este chakra fica três dedos abaixo do umbigo. Abrange os rins, bexiga, uretra, útero, intestino grosso, ânus, vagina, ovários e testículos. Para equilibrar este chakra, aconselha-se ter contato com o elemento água e usar a cor laranja juntamente com a pedra chamada cornalina. Os banhos de cachoeira, de mar ou uma gostosa água da chuva são alternativas ótimas para equilibrá-lo. Este chacra afeta nosso físico e nossa psique que são os aspectos afetivos, a aceitação de si mesmo, desajustes emocionais, fobias, afetando também a menopausa ou a andropausa.

continua após publicidade

3º - Chakra Plexo solar - Este chakra fica localizado na altura do estômago, pegando sutilmente a região umbilical. Partes do corpo que são afetadas quando este chakra está em desiquilíbrio são: estômago, fígado, baço, vesícula, intestino delgado e músculos. Seu desequilíbrio afeta os relacionamentos, excesso de pensamentos e estado de medo, sem contar inúmeras fobias. Também é através deste chakra que os vampiros de energia fazem a festa, sugando até não querer mais nosso reservatório energético. Quando sentir que está perto de uma sanguessuga de energia, coloque a mão direita sobre o umbigo ou faça uma proteção com tecido azul ou amarelo e coloque nesta região. Quando estamos sendo sugados no plano físico e no astral, nos sentimos sempre cansados e desanimados.

 Vale tentar! Cuida com a raiva reprimida que se acumula neste local!O uso da cor amarela juntamente com as pedras de citrino ou âmbar dão resultados positivos. Uma caminhada ao ar livre no sol da manhã também é um excelente remédio para equilibrar este chakra.

4º-Chakra Cardíaco – Este chakra, localizado bem no meio do peito entre os mamilos, como o nome indica, está relacionado ao coração e ao amor. Partes do corpo que este chakra faz parte: pulmões, aparelho cardíaco e circulatório. Para equilibrar este chakra, abrindo os pulmões, destruindo o medo e elevando a alma. O uso das cores verde e rosa, juntamente com as pedras de quartzo rosa ou quartzo verde usadas como pingente bem no centro do peito, tende a equilibra este chakra. Outra dica importante é fazer caminhadas em um local arborizado, respirando assim o ar puro da natureza. O desequilíbrio deste chakra pode provocar angústia, problemas pulmonares, respiratórios, cardíacos e ombros arqueados. *Essa é apenas uma terapia alternativa para equilíbrio do corpo e a alma, sem deixar dos cuidados do profissional da saúde. Pois um é complemento do outro.