Entretenimento

Americano ganha US$ 1 milhão jogando videogame

Da Redação ·
 Ele disse que nunca imaginou ganhar um milhão
fonte: G1.com/AP
Ele disse que nunca imaginou ganhar um milhão

O norte-americano Wade McGilberry, de 23 anos, acaba de ganhar US$ 1 milhão jogando videogame. Para faturar a bolada, o jovem levou uma hora e meia para zerar com perfeição o “Major league baseball 2K10”, game oficial da liga norte-americana de beisebol.
 

continua após publicidade

A produtora Take-Two ofereceu o prêmio de US$ 1 milhão para a primeira pessoa que conseguisse fazer “o jogo perfeito”. Wade comprou o título assim que foi lançado, à meia-noite de 2 de março, e foi para casa se divertir com o game recém-comprado. Na quarta ou quinta tentativa, conseguiu o que acreditava ser improvável: atingiu a perfeição.

 

“Na verdade, foi minha esposa que me convenceu a participar”, disse o vencedor do concurso “Jogo Perfeito”. “Nunca pensei que eu realmente pudesse ganhar US$ 1 milhão jogando videogame. A ficha ainda está caindo”, confessou.
 

continua após publicidade

Jason Argent, vice-presidente de marketing da 2K Sports, da Take-Two, disse que a companhia não sabe quantas vezes o feito foi atingido no videogame.
 

“Sabíamos que seria difícil, mas não impossível”, disse Argent, acrescentando que nem os próprios desenvolvedores do jogo foram capazes disso.
 

Em um jogo perfeito, nenhum rebatedor do outro time consegue pontuar ou chegar a uma base. Isso significa que ele não rebate, não anda e não chega à base, porque ele é atingido por um arremesso ou por qualquer outro motivo.
 

continua após publicidade

Na vida real, apenas 18 arremessadores conseguiram fazer jogos perfeitos na história da Major League Baseball, começando com Lee Richmond, em 1880, e terminando com Mark Buehrle, em 2009.
 

E até mesmo o novo milionário ainda não conseguiu repetir a façanha no mundo virtual, após ser o primeiro a concluir a partida com perfeição no “Major league baseball 2K10”.


Para o executivo, o concurso deu uma guinada nas vendas do novo game. McGilberry concorda. “Acho que a publicidade foi realmente boa. Eu não teria comprado o jogo se não fosse por isso”, admitiu o jogador milionário.
 

“O jogo em si foi fantástico. Estou contente por ter comprado o game de uma maneira ou outra – mas tenho que dizer que este é um bom retorno para o meu investimento”, brincou.