Entretenimento

Metade das empresas brasileiras proíbe redes sociais

Da Redação ·
 Pesquisa do CGI.br revela que 25% delas oferecem recursos de teletrabalho
fonte: googleimagens.com
Pesquisa do CGI.br revela que 25% delas oferecem recursos de teletrabalho

A maioria das empresas brasileiras com mais de dez funcionários (66%) restringe o acesso a alguns tipos de páginas na internet. Os sites pornográficos são os campeões, proibidos em 62% delas, seguidos pelas redes sociais (48%) e pelos sites de comunicação (41%). Em um terço dessas empresas, os empregados não têm acesso a sites de e-mails pessoais.

continua após publicidade

Esses são alguns dos principais resultados da TIC Empresas 2009 - 5ª Pesquisa sobre Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil, anunciada nesta terça-feira (4) pelo CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil).

continua após publicidade

Em 2009, 25% das empresas ofereceram acesso remoto à sua rede para que os funcionários trabalhem fora de suas dependências, o chamado teletrabalho – em 2006, apenas 10% contavam com essa opção.

continua após publicidade

Pouco mais da metade (54%) das empresas que usam internet declararam usar a rede para a troca de mensagens instantâneas, e 20%, para o uso de telefone ou videoconferência sobre IP (protocolo de internet, na sigla em inglês).

A mobilidade dos funcionários também surpreendeu: 65% das empresas declararam usar a tecnologia. O uso do modem 3G aumentou 10% em 2009 ante 4%, em 2006.

continua após publicidade

O novo levantamento indicou uma tendência na terceirização dos serviços de TI (Tecnologia da Informação): 50% das empresas declararam que algumas funções que exigem especialistas foram desempenhadas por fornecedores externos, um aumento de 11% nos últimos 4 anos.

continua após publicidade

A pesquisa também revelou que o uso de computadores nas empresas brasileiras com mais de dez funcionários ficou estável em relação à edição passada da pesquisa, em torno de 97%. Naquelas com 50 funcionários ou mais, esse percentual foi o mesmo de 2008: 100%.

continua após publicidade

Outra conclusão do estudo foi a de que cada vez mais empresas usam redes locais sem fio: 41% disseram que adotam este tipo de conexão.

As conexões DSL são usadas pela maioria das empresas (60%), mas a conexão por celular/modem 3G mais do que dobrou em três anos: passou de 4% em 2006 para 10% em 2009.

A pesquisa revelou que as empresas estão usando cada vez mais a internet para fornecer informações sobre produtos e serviços e cada vez menos para as transações comerciais.

Realizado pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), o estudo analisou 3,7 mil empresas com 10 ou mais funcionários em todo o território nacional.