Entretenimento

Eis que eu envio um anjo diante de ti...

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia  Eis que eu envio um anjo diante de ti...
fonte:
Eis que eu envio um anjo diante de ti...

‘Eis que eu envio um anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado’. (Êxodo 23:20) Pouca gente não faz ideia da parte profunda desempenhada pelas forças angélicas nos  acontecimentos da história da humanidade.

continua após publicidade

Primeiro, foi depois da queda de Adão e Eva,  quando Deus colocou diante do Jardim do Éden os anjos querubins para guardar o caminho da  árvore da vida. Depois, em Apocalipse 12:7, a luta ferrenha entre o Arcanjo Miguel e Lúcifer. Sem contar outros episódios marcantes que aconteceram no Antigo e no Novo Testamento e que estão se arrastando nos dias atuais

confira também
continua após publicidade

.Desde sua queda, Lúcifer não teve um momento de descanso em corromper e destruir a humanidade com seu estratagema maligno a fim de atrapalhar e frustrar o plano secular de Deus. Podemos encontrar inscritas em todas as páginas da história da humanidade as consequências do mal realizado pelo poder das trevas, sob o comando do seu líder satânico.

 Ele é tão astuto que tenta incessantemente pôr em dúvida a veracidade da Palavra de Deus, induzindo o homem a negar a autoridade de Deus, e a persuadir o mundo a se afundar no conforto ilusório do pecado, tentando enfraquecer ou destruir as obras de Deus. Só que Deus, munido da força de seu exército celestial, está a todo o momento atacando as insígnias do maligno.

continua após publicidade

É o que vemos no Velho Testamento onde Daniel descreve nitidamente o implacável conflito entre as forças angélicas de Deus e as forças trevosas. Ele só conseguiu se livrar das forças trevosas através de orações, acompanhadas de jejum de três semanas.

Assim acontece conosco filho da raça de Adão, muitas vezes nos defrontamos com dois caminhos na vida: um para a vida onde o materialismo impera; outro seguindo os preceitos divinos, onde iremos testemunhar o júbilo das hostes angelicais em torno do trono de Deus. Os anjos se regozijam em observar a Igreja de Jesus Cristo e ministrar e examinar a riqueza de Cristo aos homens perdidos em toda parte.Quando os anjos se regozijam por um pecador que se arrepende, as hostes celestes se enquadram entre os espectadores nas tribunas do céu. Quando proclamamos as leis do Evangelho e vemos nossos amigos ou mesmo nós sendo salvos, eles se regozijam conosco. Eles jamais se afastam de nós, mesmo que a sua presença não seja sentida...Quão maravilho seria se pudéssemos senti-los, ouvi-los e talvez até tocá-los!

continua após publicidade

ALGUNS QUESTIONAMENTOS.*O que devemos fazer para que os anjos se regozijem?*Como podemos nos reconciliar com Deus e seu Amado Filho Jesus?Perguntas simples exigem respostas simples. Jesus fez tudo tão simples e nós tornamos tudo tão complicado! Achamos que só o glamour, a luxúria, o status, o grande círculo social e outras ilusões irão regozijar nossa alma. Será?! É claro que não podemos deixar totalmente das coisas 

da carne, mas em primeiro lugar devemos pensar com carinho nas coisas da alma e nos nossos mentores alados, que sempre estão ao nosso dispor para que entremos em contato com o Criador e o com o próprio Mestre Jesus.  *(Fonte-Anjos os agentes secretos de Deus-Billy Graham)