Entretenimento

TJ proíbe ex-integrantes do Legião Urbana de usarem nome da banda

Da Redação ·
Crédito da foto - itadiboa.com
fonte:
Crédito da foto - itadiboa.com

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu liminar, no dia 19 de julho, garantindo a Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá o direito de usar a marca Legião Urbana. No entanto, em decisão divulgada nesta sexta-feira (2) pela assessoria de imprensa do órgão, a ordem judicial foi suspensa.

continua após publicidade

A decisão foi imposta pelo desembargador da 5ª Câmara Cível do TJ do Estado, Milton Fernandes, no recurso pedido pela família de Renato Russo, atual dona da marca, para reavaliar sua liberação no mês passado. Ele explicou considerar muito longo o tempo que os músicos levaram para pedir o direito pelo nome do grupo e alegou faltar provas dos dois sobre a participação como titulares do Legião.

Os dois músicos entraram na Justiça alegando estarem sendo impedidos de usar o nome da banda, o que estaria trazendo prejuízos a eles por não poderem agendar shows e eventos focados no legado do Legião.