Entretenimento

Jipe espacial da Nasa deverá quebrar recorde em Marte

Da Redação ·
 Permanência do Spirit em Marte surpreendeu a equipe da Nasa, que acompanhou todos os passos do robô durantes os últimos seis anos
fonte: Divulgação / Nasa
Permanência do Spirit em Marte surpreendeu a equipe da Nasa, que acompanhou todos os passos do robô durantes os últimos seis anos

Na próxima quinta-feira (29), a missão espacial Spirit pode bater o recorde de permanência na superfície de Marte, ultrapassando a Viking 1, que ficou no planeta vermelho por seis anos e 116 dias.

continua após publicidade

O Spirit ficou em silêncio em Marte em 31 de março, quando perdeu a comunicação com a Terra. Mas ele pode ficar hibernado durante o inverno do planeta vermelho.

Mesmo que não "sobreviva", seu irmão gêmeo robótico, o Opportunity, está preparado para bater o recorde da missão marciana no começo de maio.

continua após publicidade

Bater a marca da missão Viking poderá ser o maior feito para um jipe robótico do tamanho de um carro de golfe que só deveria durar três meses e passou o ano passado preso no solo marciano.

O recorde também será uma surpresa para a equipe de cientistas e engenheiros que controlou o robô Spirit nos últimos seis anos.

Ray Arvidson, da Universidade de Washington, que liderou a equipe de imagens do Viking e agora faz parte do time de cientistas do Spirit disse que, para ele, “será emocionante ter participado de dois eventos históricos”.

continua após publicidade

O Spirit e o Opportunity aterrissaram em lados opostos de Marte em 2004 – o primeiro tocou a superfície do planeta em janeiro; o segundo, algumas semanas depois, no dia 25.

Os dois jipes foram muito criticados porque foram escaloados para uma missão de apenas três meses para explorar a geologia e a composição química de seus locais de aterrissagem.

Mas eles ultrapassaram o prazo e continuaram suas missões por um tempo maior do que os engenheiros da missão imaginaram ser possível.

continua após publicidade

Em janeiro de 2010, depois de meses tentando resgatar o Spirit de um terreno arenoso em que ele se meteu em maio de 2009, a Nasa ressuscitou o jipe e o botou para trabalhar como um módulo de observação estático.

Enquanto isso, o Opportunity continuou em atividade e rumou em direção a uma cratera gigante chamada Endeavour.

Se o jipe Spirit acordar durante a primavera, continuará investigando a região onde ficou atolado e pesquisando outros tipos de solo.

Os cientistas não sabem por quanto tempo o Spirit ou o Opportunity vai manter o recorde. Mas pelo menos um dos dois deverá se manter em atividade até que chegue o próximo explorador da Nasa, o Laboratório de Ciência de Marte Curiosity (Curiosidade, em português), que não deverá ser lançado antes de 2011.