Entretenimento

Diretor de palco do Rock in Rio diz unir George Benson e Ivan Lins com "amor"

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 1 de julho (Folhapress) - O palco Sunset do Rock in Rio 2013 -que acontece entre os dias 13 e 22 de setembro, no Rio, e já tem ingressos esgotados- inclui artistas que poderiam estar no principal espaço do festival. Na lista, estão nomes como Rob Zombie, Zé Ramalho, Offspring, Maria Rita, Sepultura e Ben Harper, que irão tocar durante o dia, a partir das 14h40. Alguns deles, juntos. José Ricardo Santana de Farias -conhecido como Zé Ricardo- é o diretor artístico do palco Sunset desde 2007. Cantor, compositor e músico carioca de experiência profissional multifacetada na área musical, ele teve a tarefa de promover encontros como o do guitarrista americano George Benson com Ivan Lins e o de Zé Ramalho com o Sepultura -que já se encontraram dez anos atrás para gravar uma música para o filme "Lisbela e o Prisioneiro". Além de gravar discos solo, compor trilhas sonoras para cinema e teatro e ter integrado o grupo Fibra ao lado de Davi Morais, também atuou como diretor artístico de eventos como o Vivo Open Air entre 2003 e 2005. "Sou muito inquieto, gosto de diversificar minhas áreas de atuação", explica. Após cantar no Rock in Rio Lisboa em 2006, Zé Ricardo recebeu o apoio do astro do rock português Rui Veloso e o convite da empresária Roberta Medina, responsável pelo festival em Portugal, para incrementar o palco no qual atuou, então intitulado Hot Stage. "A maior dificuldade era o fato de a programação ser realizada de dia. De cara vi que o nome deveria ser mudado e surgiu a ideia de Sunset. Meu projeto era apostar em grandes nomes ocupando palcos teoricamente secundários e com shows inéditos." O sucesso do grupo português Buraka Som Sistema, na edição 2008, lhe valeu a confiança do idealizador e produtor do Rock in Rio, o empresário Roberto Medina. No entanto, o maior desafio ocorreu mesmo em 2011, quando o evento voltou ao Rio. "Fazer o Sunset no Brasil foi muito difícil. Eu me sentia aquele cara que fica pregando a Bíblia na rua e ninguém entende, ninguém dá bola. O Sepultura foi o primeiro grupo grande que apostou em participar. Depois, Joss Stone e Mike Patton (do Faith No More) me ajudaram a viabilizar o projeto." Amor O resultado agradou tanto que Zé Ricardo disse ter recebido um orçamento três vezes maior para concretizar a programação na edição 2013 do Rock in Rio brasileiro. "Você não pode ter medo de apostar. Tive a ideia de juntar o Ivan Lins e o George Benson como homenagem ao primeiro Rock in Rio (de 1985), por exemplo. Mostrei a ele e a aprovação foi imediata." Zé Ricardo explica que os produtores internacionais costumam ser resistentes a encontros como esse, mas o fato de ser músico e ter experiência em tantos projetos o ajudou a quebrar barreiras. "É um trabalho de convencimento. Todos ficam desconfiados no início, mas, com amor, muita dedicação e sem arrogância, a gente consegue superar." Para o diretor, há um outro elemento que ajuda a tornar o palco Sunset ainda mais atrativo para os artistas. "O backstage do Sunset é colocado de uma forma que deixa o artista incentivado a não ficar fechado no seu camarim. Existem espaços para jam sessions e sempre rolam contatos entre os artistas, algo que não acontece no Palco Mundo". "Os shows no Sunset têm de emocionar, é preciso rolar uma afinidade entre os músicos", diz. PRINCIPAIS ATRAÇÕES DO PALCO SUNSET 13/9 (sexta-feira) - Living Colour + Angélique Kidjo 14/9 (sábado) - The Offspring 15/9 (domingo) - George Benson + Ivan Lins 19/9 (quinta-feira) - Rob Zombie 20/9 (sexta-feira) - Ben Harper + Mussel White 21/9 (sábado) - Gogol Bordello + Lenine 22/9 (domingo) - Sepultura + Zé Ramalho  

continua após publicidade