Entretenimento

Festival da Apae lota Cine Teatro Fênix

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Festival da Apae lota Cine Teatro Fênix
fonte: Edson Denobi
Festival da Apae lota Cine Teatro Fênix

Com o Cine Teatro Fênix lotado, o IX Festival Regional Nossa Arte, organizado pelas Apaes de Apucarana e Cambira, seguiu ontem o dia todo com apresentações de cerca de 220 alunos das instituições de Apucarana, Arapongas, Cambira, Marilândia do Sul, Faxinal, Kaloré, Jandaia do Sul, Bom Sucesso, Sabáudia e Califórnia. As turmas de ‘artistas especiais’ subiram ao palco e atraíram os olhares de familiares de alunos, comunidade e autoridades.

Orgulhosa do desempenho e da dedicação dos alunos, Josiclécia de Oliveira, professora de música da Apae de Apucarana e coordenadora regional de Artes das Apaes, destacou a participação do público, estimado em 700 pessoas. “O objetivo é mostrar para a sociedade as capacidades artísticas que cada um deles tem”, explica. Desde o ano, passado os alunos vinham ensaiando para o festival. “Em maio será realizada a etapa estadual e em novembro a fase nacional. Estamos ansiosos para o resultado”, comenta.

Aparecida de Paula Rodrigues de Lima, 41 anos, é mãe de Daniela, 20, diagnosticada aos quatro anos com atraso mental. Desde então, ela estuda na Apae de Cambira. “Para mim é uma felicidade vê-la estudando e acompanhar sua evolução com o passar dos anos”, explica Aparecida. Prova de como Danieli progride a cada dia é que em 2008 viajou para o México, para participar de um torneio de tênis. “Tudo que ela aprendeu foi através das atividades da escola especial”, explica a mãe, que acompanhou de perto as apresentações da filha durante o evento.

continua após publicidade

O festival foi divido em quatro gêneros artísticos, como Artes Cênicas, Artes Musicais, Dança Folclórica e Dança. Entre tantos alunos dedicados e empenhados estava Ana Paula Fávaro, 37 anos, de Arapongas. Portadora de Síndrome de Down, a jovem estava cheia de expectativas em relação ao palco. “O mais importante é competir”, comenta a aluna, que também participa de um projeto de bateria na sua instituição.

Em 1991, foi realizada em São Paulo a primeira edição do Festival Nossa Arte e a partir daí tornou-se tradição no Movimento Apaeano. Atualmente, o evento está organizado em três etapas: regional, estadual e nacional.
No ano passado, a microrregião de Apucarana ficou com o título de campeão nacional de artes cênicas, através da Apae de Cambira