Entretenimento

Beatlemaníacos cantam “Uma noite em Liverpool”

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Beatlemaníacos cantam “Uma noite em Liverpool”
fonte: Kadu Nakaguishi
Beatlemaníacos cantam “Uma noite em Liverpool”

Há 50 anos, quatro amigos de Liverpool, no noroeste da Inglaterra, saíram do anonimato e estreiaram no hall da fama. Formado por John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, o The Beatles não teve uma trajetória longa. Foram menos de dez anos de carreira, mas o suficiente para se tornar um dos grupos mais influentes da história.

Prova a imortalidade sonora do grupo britânico são as inúmeras homenagens em todo o mundo para comemorar o cinquentenário do primeiro disco, “Please me do”, de maio de 1963. Hoje, as bandas Retrovisor, de Apucarana, e Luke de Held Trio, de Londrina, sobem ao palco do Cine Teatro Fênix, às 20 horas, para tocar os clássicos do quarteto. O espetáculo “Uma Noite em Liverpool” também terá artistas convidados pelas duas bandas.

A banda Retrovisor, formada atualmente pelos músicos apucaranenses Marcelo Chiappina, 48 anos, vocalista e guitarrista; Du Manchini, 42, guitarrista e backing vocal; Marco Pinhati, 42, contrabaixista; Guilherme Moreira, 21, baterista e pelo araponguense Marcio Strassacapa, 39, tecladista, vai tocar durante 45 minutos sucessos de todos os álbuns gravados pela banda inglesa. “É um prazer poder fazer esse show. Os Beatles influenciaram bandas de rock internacionais e nacionais, inclusive a nossa”, o vocalista, que se revela o maior fã do quarteto inglês entre a turma de amigos.

Chiappina avalia que o rock era um antes do Beatles e hoje é outro. “O rock ganhou uma cara mais aveludada após o surgimento do Beatles. Eles revolucionaram o estilo musical, o modo de pensar das pessoas, o modo de se vestir”, afirma. Para ele, o quarteto de Liverpool revolucionou o mundo da música. “Tanto que até hoje crianças e adultos deixam se levar pelo som da banda britânica”, explica Chiappina, que tem a opinião aprovada pelos os outros integrantes da Retrovisor.

A apresentação de hoje promete emocionar os beatlemaníacos. “A procura por convites está grande. Espero que a gente consiga trazer o maior número de pessoas ao Cine Teatro Fênix. O show promete ser bem dinâmico”, diz.
O tributo ao cinquentenário dos Beatles segue também em Arapongas, com a banda Star Beatles. Diretamente de Buenos Aires, o grupo se apresenta hoje a partir das 22 horas, no Deck 34. Para completar a noitada, a banda FireWagon toca os melhores clássicos do Rock.

continua após publicidade

ESTILO BEATLES DE SER - Mesmo não fazendo parte do tributo aos Beatles hoje no Cine Teatro Fênix, o apucaranense Rodrigo Godoy, 36 anos, guitarrista da banda Rock in Trio, já garantiu seu lugar na plateia. “Fui totalmente influenciado pelos Beatles. Quando eu tinha 10 anos, eu quis aprender a tocar guitarra por causa deles”, revela Rodrigo.
O apucaranense lembra como se fosse hoje a primeira música tocada: Day Tripper, claro, dos Beatles. Por incentivo dos pais Amador Godoy e Berenice Caron, Rodrigo cresceu ouvindo o som da banda inglesa.
Apesar de quase 40 anos após o fim do grupo inglês, Godoy acredita que maioria dos músicos atualmente ainda é influenciada pelo estilo Beatles de ser. “Desde a maneira de se vestir, o jeito de tocar, o jeito de arrumar os instrumentos”, explica ele, que é fã principalmente de George Harrison, guitarrista dos Beatles.
Para Godoy, os Beatles é um estilo de vida. “Como o Cartola é para o samba, os Beatles é para o rock”, conclui Rodrigo.