Entretenimento

Mantenha sua pele linda no outono

Da Redação ·
 Mantenha sua pele linda no outono
fonte: divulgação
Mantenha sua pele linda no outono

Basta a temperatura cair um pouco para a pele ficar seca, irritada, ressecada e áspera. Quem tem a pele seca, sensível e delicada sofre ainda mais com a perda da oleosidade natural, principalmente nas áreas que ficam mais expostas como pescoço, rosto, colo, braços, lábios, mãos e pés, que podem chegar a descamar nos dias mais frios. Por isso, nada melhor do que apostar em uma boa hidratação. Segundo a dermatologista Letícia Rathlew de Lima, de Apucarana, nas épocas mais frias a pele diminui a oleosidade natural, o que causa o ressecamento. A epiderme quando está seca favorece o surgimento de alergia, principalmente para quem já tem tendência alérgica. “A hidratação pode ser feita com cremes e também com ingestão de líquidos, como água e sucos naturais”, ensina. A especialista recomenda cremes que tenham na composição os princípios ativos, como ureia, lactato de amônio, hidroviton e ácido hialurônico. O objetivo do uso diário do hidratante é evitar a perda de água e o ressecamento da epiderme. O frio, o vento e a baixa umidade podem provocar irritações e descamações, além de doenças na pele, como dermatite atópica e dermatite seborreica. Este quadro acontece quando a pele fica seca e bem áspera. Por mais irresistível que pareça um banho quente, Letícia recomenda evitá-lo porque tira a hidratação natural da pele. O ideal é optar por duchas mornas e rápidas. Ela também sugere não usar bucha todos os dias, pois também retira a proteção natural da pele. Os cuidados para quem quer ficar linda e com a pele saudável durante o frio não acabam por aí. “É importante também continuar usando filtro solar normalmente, tanto no corpo quanto nos lábios”, assinala. A dermatologista observa ainda que os óleos de banho não protegem a pele. “É interessante usar os óleos junto com loções hidratantes”, orienta. Outro ponto importante na hora de escolher um hidratante é não levar em conta apenas o cheiro, mas avaliar o índice de hidratação. No momento da compra, segundo Letícia, vale inclusive fazer um teste na parte superior da mão para verificar se realmente hidrata. Operação outono/inverno - A apucaranense Manuela Barros, 33 anos, sente na pele a mudança do clima. Quando deixa um pouquinho os cuidados com o corpo de lado, a epiderme grita por socorro, ou melhor, por hidratação. Cansada de sofrer com o ressecamento da cútis, há sete anos a assistente recorreu a hidratantes específicos para o rosto e o corpo. “No frio minha pele fica muito desidratada e necessita muito de hidratantes para permanecer saudável”, diz. Ela sentiu ainda mais a necessidade de recorrer a cremes quando passou uma temporada em Londres, na Inglaterra, onde o inverno é muito mais rigoroso. “Aprendi que a hidratação deveria fazer parte da rotina após a minha pele sangrar de tão ressecada que havia ficado”, revela. Depois de passar pela dolorosa experiência, a apucaranense evita banhos muito quentes e demorados. Ela também hidrata os lábios com vaselina labial. “É instantâneo. Foi o único jeito que encontrei para me sentir melhor nas épocas frias”, conta.

continua após publicidade